tempo

Coaching para Concursos

Postado em Atualizado em

*por Ana Carolina Mendonça

coaching32

Você sente que a sua semana não lhe permite fazer tudo o que gostaria?

Você quer ter mais tempo de qualidade?

Todos aqueles que estão muito ocupados, com a agenda cheia, estão fazendo suas vidas valerem a pena? Não, necessariamente! Muitas vezes, a pessoa que reclama da falta de tempo está justamente desperdiçando a própria vida fazendo o que ela não quer, esperando ingenuamente que “um dia” ache tempo para fazer as coisas que ela efetivamente quer fazer!

O tempo pessoal é uma questão de postura mental.

Você pode entender a postura mental como a perspectiva pela qual você vive e interpreta o que está acontecendo ao seu redor: seus relacionamentos, sua rotina, sua carreira, suas finanças e tudo o mais. Você possui a propriedade de escolher como quer encarar o seu tempo e as atividades que realiza no dia a dia.

Se hoje você não encontra tempo para você e, ainda assim, continua fazendo as coisas do mesmo jeito, você nunca vai arranjar tempo algum!

Para entender mais sobre Postura Mental leia mais em Sua mente a seu favor.

A palavra de ordem é PRIORIZAR!

A pessoa que prioriza corretamente se nega a fazer o que não é prioridade, custe o que custar! Literalmente.

Se você não está satisfeito, lembre-se que murmurar e ficar procurando e apontando culpados não te ajudarão a mudar a situação. Acredite: nada disso é relevante! Não muda nada!

Olhe para frente, limpe a sua mente dos pensamentos negativos, reflita sobre a melhor maneira de resolver a situação e tenha atitude.

Para isso você pode contar com o assessoramento profissional de um Coach para levá-lo a refletir nas soluções, fornece-lhe suporte para a mudança pessoal, bem como assessorá-lo na organização do tempo e na implementação de ações para o alcance de seus objetivos, metas e desejos pessoais e profissionais.

Se você quer ter mais tempo, mude sua postura mental, descubra o que é importante para você e priorize!

VEJA MAIS SOBRE COACHING:

O que você precisa saber antes de fazer  Coaching – Parte 1

Ana Carolina

*ANA CAROLINA MENDONÇA é uma eterna aprendiz, entusiasta pela mente e capacidades humanas. Master Coach Integral Sistêmico, certificada pela Florida Christian University. Palestrante. Articulista semanal. Contadora, com experiências na Administração Pública em Planejamento Estratégico, Auditoria, Escritório de Processos e Gerência de Projetos. Atualmente aprofunda seus conhecimentos nas áreas da Psicologia e Neurociência.

Contato: anacarolina@coachee.com.br  |  www.coachee.com.br

Anúncios

Coaching para Concursos

Postado em Atualizado em

*por Ana Carolina Mendonça

coaching

Atualmente, é você quem está liderando a sua vida, ou o mundo está fazendo isso por você?

A maioria das pessoas tem deixado a vida passar sem tomar suas rédeas, porém aquele que ousa ser líder de si mesmo determina a vida que deseja levar, planeja suas ações e faz as coisas acontecerem.

A liderança pessoal está relacionada à ideia do homem integral, que busca crescer e se desenvolver em todas as áreas da vida. O líder de si mesmo é aquela pessoa comprometida com o seu autoconhecimento, que se interessa em identificar seus pontos FORTES, como também seus pontos FRACOS, mas que não se limita a isso, busca continuamente superar-se a si próprio. Compreende que tudo é mutável.

Aquele que ainda não alcançou a liderança pessoal não consegue ver-se em profundidade. Sua opinião sobre si restringe-se às experiências que viveu no passado e ao que os outros acham dele (ou ao que ele acha que os outros acham dele).

Assim, não possui um autoconhecimento sobre sua potência (seus potenciais), pois ainda depende da aprovação, validação e direcionamento dos outros para que se sinta capaz de exercer o seu melhor e de atingir um estado de excelência. Dessa forma, passa a valorizar mais o externo que o interno, mais o passado que o presente. A pessoa não vive plenamente sua vida.

Por outro lado, o líder de si mesmo age como o capitão do seu próprio barco, encara seus medos e se conduz com autoconfiança, integridade e determinação em direção aos seus objetivos.

É possível que você esteja se perguntando: isso significa dizer que um líder pessoal não deve levar em consideração a opinião das outras pessoas? Bom, isso já seria um retrocesso. Um grande sábio dizia que onde não existe conselho fracassam os bons planos, mas com a cooperação de muitos conselheiros há grande êxito. Há uma grande diferença entre levar em consideração a opinião e a sabedoria adquirida por outras pessoas e depender exclusivamente delas, abrindo mão de tomar suas próprias decisões!

Desenvolver a liderança sobre si mesmo é ser capaz de se influenciar, de gerar automotivação e gerir suas competências físicas, mentais, emocionais e espirituais em prol dos seus objetivos.

A partir do autoconhecimento, o líder pessoal consegue, inclusive, compreender e se relacionar melhor com os outros, pois torna-se capaz de se colocar genuinamente no lugar deles e de visualizar as diversas perspectivas das situações.

E você, numa escala de zero a dez (em que zero representa ausência de competências de liderança pessoal e dez representa um perfeito líder de si mesmo), em que nível você se encontra hoje? Reflita!

Se gostou, curta e deixe seu comentário! Isso é crucial para saber se estou conseguindo cooperar com o seu crescimento e desenvolvimento pessoal, se estou trazendo conteúdo útil para a sua vida e seus projetos.

VEJA MAIS SOBRE COACHING:

O que você precisa saber antes de fazer  Coaching – Parte 1

Tempo: o seu bem mais precioso

Organizar e Aprender

Ana Carolina

*ANA CAROLINA MENDONÇA é uma eterna aprendiz, entusiasta pela mente e capacidades humanas. Master Coach Integral Sistêmico, certificada pela Florida Christian University. Palestrante. Articulista semanal. Contadora, com experiências na Administração Pública em Planejamento Estratégico, Auditoria, Escritório de Processos e Gerência de Projetos. Atualmente aprofunda seus conhecimentos nas áreas da Psicologia e Neurociência.

Contato: anacarolina@coachee.com.br  |  www.coachee.com.br

Coaching para Concursos

Postado em Atualizado em

Por Ana Carolina Mendonça

coaching

Está faltando de tempo? Quer uma dica para fazê-lo render mais?

Para onde foi todo aquele tempo que nossos avós e bisavós tinham? Será que antigamente as horas passavam mais devagar? O mundo competitivo têm exigido cada vez mais de cada um. A tecnologia, que nos serviria para poupar tempo e otimizar os resultados, tem mudado a nossa própria percepção da vida e, na maioria dos casos, gerado ainda mais cobranças e necessidades.

Pessoas que vivem com a sensação de escassez de tempo, não conseguem viver o presente. Parte do tempo estão preocupadas (“pré-ocupadas”) com o que ainda precisam fazer (antecipando o futuro) e a outra parte lamentando-se pelo o que fizeram ou deixaram de fazer no passado (revivendo o passado). Acabam não colocando energia justamente no presente, e perdendo a oportunidade, mais uma vez, de viver o único tempo real para ser vivido, o agora.

A nossa percepção do tempo está intimamente relacionada à nossa sensação (ou falta de) bem-estar e realização pessoal. Uma sensação de tempo escasso tende a gerar também uma sensação de dinheiro escasso, já que a tecnologia que nos “ajudaria” a economizar tempo custa dinheiro. E vivenciando as sensações de escassez de tempo e de dinheiro, o próximo passo é, geralmente, a pessoa sentir falta de energia para conseguir fazer “tudo o que precisa se feito” em “tão pouco tempo”. Como consequência, sentirá menos bem-estar e terá sua qualidade de vida prejudicada.

Como fazer diferente?

Ter foco é essencial, mas não é o bastante. Você pode contar com o auxílio profissional de um Coach, que é capaz de entender as suas necessidades e inspirá-lo a alcançar seus objetivos. No processo de Coaching, a pessoa consegue perceber e eliminar o que a está impedindo de seguir em frente e, então, colocar em prática as ações necessárias para concretizar seus objetivos.

Se você quer otimizar seus resultados, aproveite esta dica valiosa para realizar toda e qualquer atividade no seu dia:estipule um tempo para cada atividade e mergulhe no que estiver fazendo. Vamos dizer que você pretende dedicar a sua próxima 1 hora para ler alguns capítulos de um determinado livro, então coloque um alarme para tocar daqui 1 hora, deixe seu celular longe de você e durante o intervalo estipulado, coloque-se de corpo e alma na sua leitura. Caso surjam pensamentos e ideias na sua cabeça durante a leitura, anote-os em um bloquinho e continue sua leitura. Esforce-se para não fazer outra coisa além da atividade proposta para aquele momento. Terminada a atividade, passe para a atividade seguinte, estipulando um tempo para ela e dedicando-se exclusivamente. Assim, fazendo uma coisa de cada vez e completamente imerso em cada uma, você tenderá a alcançar melhores resultados e a se sentir muito melhor ao final do dia, da semana, do mês e do ano!

Pense nisso! Ponha em prática e aproveite o seu tempo!

Invista em você e nos seus sonhos!

VEJA MAIS SOBRE COACHING:

Tempo: o seu bem mais precioso

Organizar e Aprender

Segredos do Sono Reparador

 

Ana Carolina*ANA CAROLINA MENDONÇA é uma eterna aprendiz, entusiasta pela mente e capacidades humanas. Master Coach Integral Sistêmico, certificada pela Florida Christian University. Palestrante. Articulista semanal. Contadora, com experiências na Administração Pública em Planejamento Estratégico, Auditoria, Escritório de Processos e Gerência de Projetos. Atualmente aprofunda seus conhecimentos nas áreas da Psicologia e Neurociência.

Contato: anacarolina@coachee.com.br  |  www.coachee.com.br

Coaching para Concursos

Postado em Atualizado em

*por Ana Carolina Mendonça

coaching3

Você sente que a sua semana não lhe permite fazer tudo o que gostaria?

Você quer ter mais tempo de qualidade?

Todos aqueles que estão muito ocupados, com a agenda cheia, estão fazendo suas vidas valerem a pena? Não, necessariamente! Muitas vezes, a pessoa que reclama da falta de tempo está justamente desperdiçando a própria vida fazendo o que ela não quer, esperando ingenuamente que “um dia” ache tempo para fazer as coisas que ela efetivamente quer fazer!

O tempo pessoal é uma questão de postura mental.

Você pode entender a postura mental como a perspectiva pela qual você vive e interpreta o que está acontecendo ao seu redor: seus relacionamentos, sua rotina, sua carreira, suas finanças e tudo o mais. Você possui a propriedade de escolher como quer encarar o seu tempo e as atividades que realiza no dia a dia.

Se hoje você não encontra tempo para você e, ainda assim, continua fazendo as coisas do mesmo jeito, você nunca vai arranjar tempo algum!

Para entender mais sobre Postura Mental leia mais em Sua mente a seu favor.

A palavra de ordem é PRIORIZAR!

A pessoa que prioriza corretamente se nega a fazer o que não é prioridade, custe o que custar! Literalmente.

Se você não está satisfeito, lembre-se que murmurar e ficar procurando e apontando culpados não te ajudarão a mudar a situação. Acredite: nada disso é relevante! Não muda nada!

Olhe para frente, limpe a sua mente dos pensamentos negativos, reflita sobre a melhor maneira de resolver a situação e tenha atitude.

Para isso você pode contar com o assessoramento profissional de um Coach para levá-lo a refletir nas soluções, fornece-lhe suporte para a mudança pessoal, bem como assessorá-lo na organização do tempo e na implementação de ações para o alcance de seus objetivos, metas e desejos pessoais e profissionais.

Se você quer ter mais tempo, mude sua postura mental, descubra o que é importante para você e priorize!

VEJA MAIS SOBRE COACHING:

O que você precisa saber antes de fazer  Coaching – Parte 1

Ana Carolina

*ANA CAROLINA MENDONÇA é uma eterna aprendiz, entusiasta pela mente e capacidades humanas. Master Coach Integral Sistêmico, certificada pela Florida Christian University. Palestrante. Articulista semanal. Contadora, com experiências na Administração Pública em Planejamento Estratégico, Auditoria, Escritório de Processos e Gerência de Projetos. Atualmente aprofunda seus conhecimentos nas áreas da Psicologia e Neurociência.

Contato: anacarolina@coachee.com.br  |  www.coachee.com.br

Coaching para Concursos

Postado em Atualizado em

*por Ana Carolina Mendonça

coaching

Atualmente, é você quem está liderando a sua vida, ou o mundo está fazendo isso por você?

A maioria das pessoas tem deixado a vida passar sem tomar suas rédeas, porém aquele que ousa ser líder de si mesmo determina a vida que deseja levar, planeja suas ações e faz as coisas acontecerem.

A liderança pessoal está relacionada à ideia do homem integral, que busca crescer e se desenvolver em todas as áreas da vida. O líder de si mesmo é aquela pessoa comprometida com o seu autoconhecimento, que se interessa em identificar seus pontos FORTES, como também seus pontos FRACOS, mas que não se limita a isso, busca continuamente superar-se a si próprio. Compreende que tudo é mutável.

Aquele que ainda não alcançou a liderança pessoal não consegue ver-se em profundidade. Sua opinião sobre si restringe-se às experiências que viveu no passado e ao que os outros acham dele (ou ao que ele acha que os outros acham dele).

Assim, não possui um autoconhecimento sobre sua potência (seus potenciais), pois ainda depende da aprovação, validação e direcionamento dos outros para que se sinta capaz de exercer o seu melhor e de atingir um estado de excelência. Dessa forma, passa a valorizar mais o externo que o interno, mais o passado que o presente. A pessoa não vive plenamente sua vida.

Por outro lado, o líder de si mesmo age como o capitão do seu próprio barco, encara seus medos e se conduz com autoconfiança, integridade e determinação em direção aos seus objetivos.

É possível que você esteja se perguntando: isso significa dizer que um líder pessoal não deve levar em consideração a opinião das outras pessoas? Bom, isso já seria um retrocesso. Um grande sábio dizia que onde não existe conselho fracassam os bons planos, mas com a cooperação de muitos conselheiros há grande êxito. Há uma grande diferença entre levar em consideração a opinião e a sabedoria adquirida por outras pessoas e depender exclusivamente delas, abrindo mão de tomar suas próprias decisões!

Desenvolver a liderança sobre si mesmo é ser capaz de se influenciar, de gerar automotivação e gerir suas competências físicas, mentais, emocionais e espirituais em prol dos seus objetivos.

A partir do autoconhecimento, o líder pessoal consegue, inclusive, compreender e se relacionar melhor com os outros, pois torna-se capaz de se colocar genuinamente no lugar deles e de visualizar as diversas perspectivas das situações.

E você, numa escala de zero a dez (em que zero representa ausência de competências de liderança pessoal e dez representa um perfeito líder de si mesmo), em que nível você se encontra hoje? Reflita!

Se gostou, curta e deixe seu comentário! Isso é crucial para saber se estou conseguindo cooperar com o seu crescimento e desenvolvimento pessoal, se estou trazendo conteúdo útil para a sua vida e seus projetos.

VEJA MAIS SOBRE COACHING:

O que você precisa saber antes de fazer  Coaching – Parte 1

Tempo: o seu bem mais precioso

Organizar e Aprender

Ana Carolina

*ANA CAROLINA MENDONÇA é uma eterna aprendiz, entusiasta pela mente e capacidades humanas. Master Coach Integral Sistêmico, certificada pela Florida Christian University. Palestrante. Articulista semanal. Contadora, com experiências na Administração Pública em Planejamento Estratégico, Auditoria, Escritório de Processos e Gerência de Projetos. Atualmente aprofunda seus conhecimentos nas áreas da Psicologia e Neurociência.

Contato: anacarolina@coachee.com.br  |  www.coachee.com.br

Coaching para Concursos

Postado em Atualizado em

Por Ana Carolina Mendonça

Coaching

Está faltando de tempo? Quer uma dica para fazê-lo render mais?

Para onde foi todo aquele tempo que nossos avós e bisavós tinham? Será que antigamente as horas passavam mais devagar? O mundo competitivo têm exigido cada vez mais de cada um. A tecnologia, que nos serviria para poupar tempo e otimizar os resultados, tem mudado a nossa própria percepção da vida e, na maioria dos casos, gerado ainda mais cobranças e necessidades.

Pessoas que vivem com a sensação de escassez de tempo, não conseguem viver o presente. Parte do tempo estão preocupadas (“pré-ocupadas”) com o que ainda precisam fazer (antecipando o futuro) e a outra parte lamentando-se pelo o que fizeram ou deixaram de fazer no passado (revivendo o passado). Acabam não colocando energia justamente no presente, e perdendo a oportunidade, mais uma vez, de viver o único tempo real para ser vivido, o agora.

A nossa percepção do tempo está intimamente relacionada à nossa sensação (ou falta de) bem-estar e realização pessoal. Uma sensação de tempo escasso tende a gerar também uma sensação de dinheiro escasso, já que a tecnologia que nos “ajudaria” a economizar tempo custa dinheiro. E vivenciando as sensações de escassez de tempo e de dinheiro, o próximo passo é, geralmente, a pessoa sentir falta de energia para conseguir fazer “tudo o que precisa se feito” em “tão pouco tempo”. Como consequência, sentirá menos bem-estar e terá sua qualidade de vida prejudicada.

Como fazer diferente?

Ter foco é essencial, mas não é o bastante. Você pode contar com o auxílio profissional de um Coach, que é capaz de entender as suas necessidades e inspirá-lo a alcançar seus objetivos. No processo de Coaching, a pessoa consegue perceber e eliminar o que a está impedindo de seguir em frente e, então, colocar em prática as ações necessárias para concretizar seus objetivos.

Se você quer otimizar seus resultados, aproveite esta dica valiosa para realizar toda e qualquer atividade no seu dia: estipule um tempo para cada atividade e mergulhe no que estiver fazendo. Vamos dizer que você pretende dedicar a sua próxima 1 hora para ler alguns capítulos de um determinado livro, então coloque um alarme para tocar daqui 1 hora, deixe seu celular longe de você e durante o intervalo estipulado, coloque-se de corpo e alma na sua leitura. Caso surjam pensamentos e ideias na sua cabeça durante a leitura, anote-os em um bloquinho e continue sua leitura. Esforce-se para não fazer outra coisa além da atividade proposta para aquele momento. Terminada a atividade, passe para a atividade seguinte, estipulando um tempo para ela e dedicando-se exclusivamente. Assim, fazendo uma coisa de cada vez e completamente imerso em cada uma, você tenderá a alcançar melhores resultados e a se sentir muito melhor ao final do dia, da semana, do mês e do ano!

Pense nisso! Ponha em prática e aproveite o seu tempo!

Invista em você e nos seus sonhos!

VEJA MAIS SOBRE COACHING:

Tempo: o seu bem mais precioso

Organizar e Aprender

Segredos do Sono Reparador

 

Ana Carolina*ANA CAROLINA MENDONÇA é uma eterna aprendiz, entusiasta pela mente e capacidades humanas. Master Coach Integral Sistêmico, certificada pela Florida Christian University. Palestrante. Articulista semanal. Contadora, com experiências na Administração Pública em Planejamento Estratégico, Auditoria, Escritório de Processos e Gerência de Projetos. Atualmente aprofunda seus conhecimentos nas áreas da Psicologia e Neurociência.

Contato: anacarolina@coachee.com.br  |  www.coachee.com.br

Coaching para Concursos

Postado em Atualizado em

*por Ana Carolina Mendonça

Coaching

Atualmente, é você quem está liderando a sua vida, ou o mundo está fazendo isso por você?

A maioria das pessoas tem deixado a vida passar sem tomar suas rédeas, porém aquele que ousa ser líder de si mesmo determina a vida que deseja levar, planeja suas ações e faz as coisas acontecerem.

A liderança pessoal está relacionada à ideia do homem integral, que busca crescer e se desenvolver em todas as áreas da vida. O líder de si mesmo é aquela pessoa comprometida com o seu autoconhecimento, que se interessa em identificar seus pontos FORTES, como também seus pontos FRACOS, mas que não se limita a isso, busca continuamente superar-se a si próprio. Compreende que tudo é mutável.

Aquele que ainda não alcançou a liderança pessoal não consegue ver-se em profundidade. Sua opinião sobre si restringe-se às experiências que viveu no passado e ao que os outros acham dele (ou ao que ele acha que os outros acham dele).

Assim, não possui um autoconhecimento sobre sua potência (seus potenciais), pois ainda depende da aprovação, validação e direcionamento dos outros para que se sinta capaz de exercer o seu melhor e de atingir um estado de excelência. Dessa forma, passa a valorizar mais o externo que o interno, mais o passado que o presente. A pessoa não vive plenamente sua vida.

Por outro lado, o líder de si mesmo age como o capitão do seu próprio barco, encara seus medos e se conduz com autoconfiança, integridade e determinação em direção aos seus objetivos.

É possível que você esteja se perguntando: isso significa dizer que um líder pessoal não deve levar em consideração a opinião das outras pessoas? Bom, isso já seria um retrocesso. Um grande sábio dizia que onde não existe conselho fracassam os bons planos, mas com a cooperação de muitos conselheiros há grande êxito. Há uma grande diferença entre levar em consideração a opinião e a sabedoria adquirida por outras pessoas e depender exclusivamente delas, abrindo mão de tomar suas próprias decisões!

Desenvolver a liderança sobre si mesmo é ser capaz de se influenciar, de gerar automotivação e gerir suas competências físicas, mentais, emocionais e espirituais em prol dos seus objetivos.

A partir do autoconhecimento, o líder pessoal consegue, inclusive, compreender e se relacionar melhor com os outros, pois torna-se capaz de se colocar genuinamente no lugar deles e de visualizar as diversas perspectivas das situações.

E você, numa escala de zero a dez (em que zero representa ausência de competências de liderança pessoal e dez representa um perfeito líder de si mesmo), em que nível você se encontra hoje? Reflita!

Se gostou, curta e deixe seu comentário! Isso é crucial para saber se estou conseguindo cooperar com o seu crescimento e desenvolvimento pessoal, se estou trazendo conteúdo útil para a sua vida e seus projetos.

VEJA MAIS SOBRE COACHING:

O que você precisa saber antes de fazer  Coaching – Parte 1

Tempo: o seu bem mais precioso

Organizar e Aprender

Ana Carolina

*ANA CAROLINA MENDONÇA é uma eterna aprendiz, entusiasta pela mente e capacidades humanas. Master Coach Integral Sistêmico, certificada pela Florida Christian University. Palestrante. Articulista semanal. Contadora, com experiências na Administração Pública em Planejamento Estratégico, Auditoria, Escritório de Processos e Gerência de Projetos. Atualmente aprofunda seus conhecimentos nas áreas da Psicologia e Neurociência.

Contato: anacarolina@coachee.com.br  |  www.coachee.com.br