organização

Coaching para Concurso

Postado em Atualizado em

Por Ana Carolina Mendonça

coaching4

Sair da inércia e chegar ao resultado é um grande desafio! Conheça o passo a passo que te levará de um ponto a outro e descubra os dois aceleradores que te ajudarão nessa caminhada!

Muitas pessoas, apesar de desejarem realizar algum sonho ou projeto, não fazem nada, ou fazem muito pouco, para atingir o objetivo. Elas verbalizam seus anseios, desejos e sonhos, mas não se engajam verdadeiramente a eles. Se você vivencia esse dilema na sua vida, é possível que esteja preso à inércia.

Falando de forma simplificada, inércia é aquela propriedade da matéria que faz com que ela resista a qualquer mudança em seu movimento. Isto significa dizer que, se está parada, permanece parada, e se está em movimento, permanece em movimento na mesma trajetória e em velocidade constante.

Ainda me lembro, na escola, de ter escrito no canto do caderno “inércia = preguiça”. Se naquele tempo a anotação foi útil para entender a matéria de física, lembrá-la hoje me ajuda a compreender essa armadilha que distancia as pessoas dos seus objetivos e as mantêm presas a certas zonas de conforto.

Se você quiser aumentar seu nível de realização na vida, avance em direção aos seu resultados desejados.

carol1

O primeiro passo para ultrapassar a inércia é tomar uma decisão rumo ao seu projeto (leia mais em Seis dicas para concretizar suas decisões) e iniciar o seu planejamento (leia mais em O caminho para o sucesso dos seus sonhos). Para vencer essa fase, você pode utilizar o 1o acelerador: o Conhecimento.

Com o acelerador do conhecimento, você não apenas descobre que é preciso fazer algo diferente, como compreende o que é preciso modificar. Albert Einstein já dizia: “insanidade é continuar fazendo a mesma coisa e esperar resultados diferentes”. E complementando com os ensinamentos de Paulo Vieira, “aquilo que você não tem é pelo o que você não sabe, porque se soubesse já o teria”.

Importante! Para que o acelerador do conhecimento faça efeito, você precisa se colocar inteiramente como um aprendiz e permitir o seu próprio desenvolvimento. Do contrário, vai apenas “achar que já sabe” e perder as oportunidades.

Continuando o passo a passo, para você projetar um bom planejamento, efetivamente executar cada etapa e chegar ao resultado desejado, você poderá utilizar-se do 2o acelerador: a Organização.

Sem organização, as pessoas perdem energia e disposição, e acabam desanimando na metade do caminho. Assim, a falta de organização acaba por gerar frustração e perda de tempo. Por outro lado, planejamento e execução bem organizados, com sequenciamento lógico das tarefas e adequação dos horários, gera bem-estar durante o processo e permite que a pessoa tenha maior envolvimento e engajamento com o seu próprio objetivo.

Reserve um instante para você neste momento e olhe atentamente ao gráfico acima.

Quais são seus maiores desafios? Você está investindo adequadamente nos aceleradores?

O que você pode fazer diferente essa semana para seguir em direção aos seus objetivos?

Aproveite sua semana! Invista em você e nos seus sonhos!

VEJA MAIS SOBRE COACHING:

O que você precisa saber antes de fazer  Coaching – Parte 1

O Caminho para o Sucesso dos seus Sonhos – Parte 1

O Caminho para o Sucesso dos seus Sonhos – Parte 2

Ana Carolina

*ANA CAROLINA MENDONÇA é uma eterna aprendiz, entusiasta pela mente e capacidades humanas. Master Coach Integral Sistêmico, certificada pela Florida Christian University. Palestrante. Articulista semanal. Contadora, com experiências na Administração Pública em Planejamento Estratégico, Auditoria, Escritório de Processos e Gerência de Projetos. Atualmente aprofunda seus conhecimentos nas áreas da Psicologia e Neurociência.

Contato: anacarolina@coachee.com.br  |  www.coachee.com.br

Direito Constitucional

Postado em Atualizado em

Por Carlos Mendonça

const2

Estados da Federação – Os estados devem seguir a Constituição Federal, a Constituição Estadual e os seguintes princípios:

  1. Princípios Estabelecidos: artigo 25 da CF – são regras previstas na CF destinadas aos Estados. Ex.: número de deputados estaduais será o triplo do número de deputados federais e atingido o número de 36 serão acrescidos tantos quantos forem os deputados federais acima de 12.
  1. Princípio da Simetria: são regras da CF para a UNIÃO, mas que devem ser seguidas pelos Estados. Ex.: regras do Processo Legislativo.

OBS.: o STF decidiu que não há simetria na eleição indireta para Governador e Prefeito, assim, cada ente decidi se o voto pode ser aberto ou fechado.

OBS.: Não há simetria para os estados na imunidade do presidente, sendo assim governador pode ser preso.

  1. Princípios Sensíveis: art. 34, VII da CF – são aqueles cujo descumprimento acarreta intervenção federal. Ex. forma de governo republicana.

166709_122877097901223_177902196_n

Carlos Mendonça é Procurador Federal,

Professor da Pós Graduação da UDF e

professor do Instituto de Capacitação Capacitada – ICA.

 

Veja Também:

Evolução do Estado de Direito

Quinto Constitucional OAB DF

FUNDOS CONSTITUCIONAIS – Federalismo Fiscal 

Federalismo Fiscal – Parte 1

FICHA LIMPA CONSTITUCIONAL

SISTEMA DE BISBILHOTAGEM OFICIAL

STF e a Coisa Julgada

Acompanhe, curta e compartilhe

Washington Luís Batista Barbosa

http://www.washingtonbarbosa.com

http://www.facebook.com/washingtonbarbosa.professor

Coaching para Concursos

Postado em Atualizado em

Por Ana Carolina Mendonça

coaching

Está faltando de tempo? Quer uma dica para fazê-lo render mais?

Para onde foi todo aquele tempo que nossos avós e bisavós tinham? Será que antigamente as horas passavam mais devagar? O mundo competitivo têm exigido cada vez mais de cada um. A tecnologia, que nos serviria para poupar tempo e otimizar os resultados, tem mudado a nossa própria percepção da vida e, na maioria dos casos, gerado ainda mais cobranças e necessidades.

Pessoas que vivem com a sensação de escassez de tempo, não conseguem viver o presente. Parte do tempo estão preocupadas (“pré-ocupadas”) com o que ainda precisam fazer (antecipando o futuro) e a outra parte lamentando-se pelo o que fizeram ou deixaram de fazer no passado (revivendo o passado). Acabam não colocando energia justamente no presente, e perdendo a oportunidade, mais uma vez, de viver o único tempo real para ser vivido, o agora.

A nossa percepção do tempo está intimamente relacionada à nossa sensação (ou falta de) bem-estar e realização pessoal. Uma sensação de tempo escasso tende a gerar também uma sensação de dinheiro escasso, já que a tecnologia que nos “ajudaria” a economizar tempo custa dinheiro. E vivenciando as sensações de escassez de tempo e de dinheiro, o próximo passo é, geralmente, a pessoa sentir falta de energia para conseguir fazer “tudo o que precisa se feito” em “tão pouco tempo”. Como consequência, sentirá menos bem-estar e terá sua qualidade de vida prejudicada.

Como fazer diferente?

Ter foco é essencial, mas não é o bastante. Você pode contar com o auxílio profissional de um Coach, que é capaz de entender as suas necessidades e inspirá-lo a alcançar seus objetivos. No processo de Coaching, a pessoa consegue perceber e eliminar o que a está impedindo de seguir em frente e, então, colocar em prática as ações necessárias para concretizar seus objetivos.

Se você quer otimizar seus resultados, aproveite esta dica valiosa para realizar toda e qualquer atividade no seu dia:estipule um tempo para cada atividade e mergulhe no que estiver fazendo. Vamos dizer que você pretende dedicar a sua próxima 1 hora para ler alguns capítulos de um determinado livro, então coloque um alarme para tocar daqui 1 hora, deixe seu celular longe de você e durante o intervalo estipulado, coloque-se de corpo e alma na sua leitura. Caso surjam pensamentos e ideias na sua cabeça durante a leitura, anote-os em um bloquinho e continue sua leitura. Esforce-se para não fazer outra coisa além da atividade proposta para aquele momento. Terminada a atividade, passe para a atividade seguinte, estipulando um tempo para ela e dedicando-se exclusivamente. Assim, fazendo uma coisa de cada vez e completamente imerso em cada uma, você tenderá a alcançar melhores resultados e a se sentir muito melhor ao final do dia, da semana, do mês e do ano!

Pense nisso! Ponha em prática e aproveite o seu tempo!

Invista em você e nos seus sonhos!

VEJA MAIS SOBRE COACHING:

Tempo: o seu bem mais precioso

Organizar e Aprender

Segredos do Sono Reparador

 

Ana Carolina*ANA CAROLINA MENDONÇA é uma eterna aprendiz, entusiasta pela mente e capacidades humanas. Master Coach Integral Sistêmico, certificada pela Florida Christian University. Palestrante. Articulista semanal. Contadora, com experiências na Administração Pública em Planejamento Estratégico, Auditoria, Escritório de Processos e Gerência de Projetos. Atualmente aprofunda seus conhecimentos nas áreas da Psicologia e Neurociência.

Contato: anacarolina@coachee.com.br  |  www.coachee.com.br

Coaching para Concurso

Postado em Atualizado em

Por Ana Carolina Mendonça

coaching4

Sair da inércia e chegar ao resultado é um grande desafio! Conheça o passo a passo que te levará de um ponto a outro e descubra os dois aceleradores que te ajudarão nessa caminhada!

Muitas pessoas, apesar de desejarem realizar algum sonho ou projeto, não fazem nada, ou fazem muito pouco, para atingir o objetivo. Elas verbalizam seus anseios, desejos e sonhos, mas não se engajam verdadeiramente a eles. Se você vivencia esse dilema na sua vida, é possível que esteja preso à inércia.

Falando de forma simplificada, inércia é aquela propriedade da matéria que faz com que ela resista a qualquer mudança em seu movimento. Isto significa dizer que, se está parada, permanece parada, e se está em movimento, permanece em movimento na mesma trajetória e em velocidade constante.

Ainda me lembro, na escola, de ter escrito no canto do caderno “inércia = preguiça”. Se naquele tempo a anotação foi útil para entender a matéria de física, lembrá-la hoje me ajuda a compreender essa armadilha que distancia as pessoas dos seus objetivos e as mantêm presas a certas zonas de conforto.

Se você quiser aumentar seu nível de realização na vida, avance em direção aos seu resultados desejados.

Carol1

O primeiro passo para ultrapassar a inércia é tomar uma decisão rumo ao seu projeto (leia mais em Seis dicas para concretizar suas decisões) e iniciar o seu planejamento (leia mais em O caminho para o sucesso dos seus sonhos). Para vencer essa fase, você pode utilizar o 1o acelerador: o Conhecimento.

Com o acelerador do conhecimento, você não apenas descobre que é preciso fazer algo diferente, como compreende o que é preciso modificar. Albert Einstein já dizia: “insanidade é continuar fazendo a mesma coisa e esperar resultados diferentes”. E complementando com os ensinamentos de Paulo Vieira, “aquilo que você não tem é pelo o que você não sabe, porque se soubesse já o teria”.

Importante! Para que o acelerador do conhecimento faça efeito, você precisa se colocar inteiramente como um aprendiz e permitir o seu próprio desenvolvimento. Do contrário, vai apenas “achar que já sabe” e perder as oportunidades.

Continuando o passo a passo, para você projetar um bom planejamento, efetivamente executar cada etapa e chegar aoresultado desejado, você poderá utilizar-se do 2o acelerador: a Organização.

Sem organização, as pessoas perdem energia e disposição, e acabam desanimando na metade do caminho. Assim, a falta de organização acaba por gerar frustração e perda de tempo. Por outro lado, planejamento e execução bem organizados, comsequenciamento lógico das tarefas e adequação dos horários, gera bem-estar durante o processo e permite que a pessoa tenha maior envolvimento e engajamento com o seu próprio objetivo.

Reserve um instante para você neste momento e olhe atentamente ao gráfico acima.

Quais são seus maiores desafios? Você está investindo adequadamente nos aceleradores?

O que você pode fazer diferente essa semana para seguir em direção aos seus objetivos?

Aproveite sua semana! Invista em você e nos seus sonhos!

VEJA MAIS SOBRE COACHING:

O que você precisa saber antes de fazer  Coaching – Parte 1

O Caminho para o Sucesso dos seus Sonhos – Parte 1

O Caminho para o Sucesso dos seus Sonhos – Parte 2

Seis dicas para Concretizar suas Decisões

Tempo: o seu bem mais precioso

Organizar e Aprender

Ana Carolina

*ANA CAROLINA MENDONÇA é uma eterna aprendiz, entusiasta pela mente e capacidades humanas. Master Coach Integral Sistêmico, certificada pela Florida Christian University. Palestrante. Articulista semanal. Contadora, com experiências na Administração Pública em Planejamento Estratégico, Auditoria, Escritório de Processos e Gerência de Projetos. Atualmente aprofunda seus conhecimentos nas áreas da Psicologia e Neurociência.

Contato: anacarolina@coachee.com.br  |  www.coachee.com.br

Direito Constitucional

Postado em Atualizado em

Por Carlos Mendonça

const2

Estados da Federação – Os estados devem seguir a Constituição Federal, a Constituição Estadual e os seguintes princípios:

  1. Princípios Estabelecidos: artigo 25 da CF – são regras previstas na CF destinadas aos Estados. Ex.: número de deputados estaduais será o triplo do número de deputados federais e atingido o número de 36 serão acrescidos tantos quantos forem os deputados federais acima de 12.
  1. Princípio da Simetria: são regras da CF para a UNIÃO, mas que devem ser seguidas pelos Estados. Ex.: regras do Processo Legislativo.

OBS.: o STF decidiu que não há simetria na eleição indireta para Governador e Prefeito, assim, cada ente decidi se o voto pode ser aberto ou fechado.

OBS.: Não há simetria para os estados na imunidade do presidente, sendo assim governador pode ser preso.

  1. Princípios Sensíveis: art. 34, VII da CF – são aqueles cujo descumprimento acarreta intervenção federal. Ex. forma de governo republicana.

166709_122877097901223_177902196_n

Carlos Mendonça é Procurador Federal,

Professor da Pós Graduação da UDF e

professor do Instituto de Capacitação Capacitada – ICA.

 

Veja Também:

Evolução do Estado de Direito

Quinto Constitucional OAB DF

FUNDOS CONSTITUCIONAIS – Federalismo Fiscal 

Federalismo Fiscal – Parte 1

FICHA LIMPA CONSTITUCIONAL

SISTEMA DE BISBILHOTAGEM OFICIAL

STF e a Coisa Julgada

Acompanhe, curta e compartilhe

Washington Luís Batista Barbosa

http://www.washingtonbarbosa.com

http://www.facebook.com/washingtonbarbosa.professor

Direito Constitucional

Postado em Atualizado em

Por Carlos Mendonça

const

Estados da Federação – Os estados devem seguir a Constituição Federal, a Constituição Estadual e os seguintes princípios:

  1. Princípios Estabelecidos: artigo 25 da CF – são regras previstas na CF destinadas aos Estados. Ex.: número de deputados estaduais será o triplo do número de deputados federais e atingido o número de 36 serão acrescidos tantos quantos forem os deputados federais acima de 12.
  1. Princípio da Simetria: são regras da CF para a UNIÃO, mas que devem ser seguidas pelos Estados. Ex.: regras do Processo Legislativo.

OBS.: o STF decidiu que não há simetria na eleição indireta para Governador e Prefeito, assim, cada ente decidi se o voto pode ser aberto ou fechado.

OBS.: Não há simetria para os estados na imunidade do presidente, sendo assim governador pode ser preso.

  1. Princípios Sensíveis: art. 34, VII da CF – são aqueles cujo descumprimento acarreta intervenção federal. Ex. forma de governo republicana.

Criação de Novos Estados:

  • Consulta à população diretamente interessada (Plebiscito), se o povo concordar com a criação o CN não estará vinculado.
  • Oitiva das Assembleias Legislativas envolvidas pelo Congresso Nacional – art. 48, VII da CF, necessita da edição de LC pelo CN, o presidente pode vetar.

Lei Complementar Federal:

Obs.: Os Estados e o DF podem adotar como teto único o subsídio mensal dos Desembargadores do TJ.

Obs.: A PROCURADORIA, A DEFENSORIA, E o MP, se submetem ao teto do Judiciário Estadual.

Veja Também:

Evolução do Estado de Direito

Quinto Constitucional OAB DF

FUNDOS CONSTITUCIONAIS – Federalismo Fiscal 

Federalismo Fiscal – Parte 1

FICHA LIMPA CONSTITUCIONAL

SISTEMA DE BISBILHOTAGEM OFICIAL

STF e a Coisa Julgada

166709_122877097901223_177902196_n

Carlos Mendonça é Procurador Federal, Professor da Pós Graduação da UDF  e no Instituto de Capacitação Avançada (ICA).


Acompanhe, curta e compartilhe

Washington Luís Batista Barbosa

http://www.washingtonbarbosa.com

http://www.facebook.com/washingtonbarbosa.professor

Coaching para Concursos

Postado em Atualizado em

Por Ana Carolina Mendonça

Coaching

Está faltando de tempo? Quer uma dica para fazê-lo render mais?

Para onde foi todo aquele tempo que nossos avós e bisavós tinham? Será que antigamente as horas passavam mais devagar? O mundo competitivo têm exigido cada vez mais de cada um. A tecnologia, que nos serviria para poupar tempo e otimizar os resultados, tem mudado a nossa própria percepção da vida e, na maioria dos casos, gerado ainda mais cobranças e necessidades.

Pessoas que vivem com a sensação de escassez de tempo, não conseguem viver o presente. Parte do tempo estão preocupadas (“pré-ocupadas”) com o que ainda precisam fazer (antecipando o futuro) e a outra parte lamentando-se pelo o que fizeram ou deixaram de fazer no passado (revivendo o passado). Acabam não colocando energia justamente no presente, e perdendo a oportunidade, mais uma vez, de viver o único tempo real para ser vivido, o agora.

A nossa percepção do tempo está intimamente relacionada à nossa sensação (ou falta de) bem-estar e realização pessoal. Uma sensação de tempo escasso tende a gerar também uma sensação de dinheiro escasso, já que a tecnologia que nos “ajudaria” a economizar tempo custa dinheiro. E vivenciando as sensações de escassez de tempo e de dinheiro, o próximo passo é, geralmente, a pessoa sentir falta de energia para conseguir fazer “tudo o que precisa se feito” em “tão pouco tempo”. Como consequência, sentirá menos bem-estar e terá sua qualidade de vida prejudicada.

Como fazer diferente?

Ter foco é essencial, mas não é o bastante. Você pode contar com o auxílio profissional de um Coach, que é capaz de entender as suas necessidades e inspirá-lo a alcançar seus objetivos. No processo de Coaching, a pessoa consegue perceber e eliminar o que a está impedindo de seguir em frente e, então, colocar em prática as ações necessárias para concretizar seus objetivos.

Se você quer otimizar seus resultados, aproveite esta dica valiosa para realizar toda e qualquer atividade no seu dia: estipule um tempo para cada atividade e mergulhe no que estiver fazendo. Vamos dizer que você pretende dedicar a sua próxima 1 hora para ler alguns capítulos de um determinado livro, então coloque um alarme para tocar daqui 1 hora, deixe seu celular longe de você e durante o intervalo estipulado, coloque-se de corpo e alma na sua leitura. Caso surjam pensamentos e ideias na sua cabeça durante a leitura, anote-os em um bloquinho e continue sua leitura. Esforce-se para não fazer outra coisa além da atividade proposta para aquele momento. Terminada a atividade, passe para a atividade seguinte, estipulando um tempo para ela e dedicando-se exclusivamente. Assim, fazendo uma coisa de cada vez e completamente imerso em cada uma, você tenderá a alcançar melhores resultados e a se sentir muito melhor ao final do dia, da semana, do mês e do ano!

Pense nisso! Ponha em prática e aproveite o seu tempo!

Invista em você e nos seus sonhos!

VEJA MAIS SOBRE COACHING:

Tempo: o seu bem mais precioso

Organizar e Aprender

Segredos do Sono Reparador

 

Ana Carolina*ANA CAROLINA MENDONÇA é uma eterna aprendiz, entusiasta pela mente e capacidades humanas. Master Coach Integral Sistêmico, certificada pela Florida Christian University. Palestrante. Articulista semanal. Contadora, com experiências na Administração Pública em Planejamento Estratégico, Auditoria, Escritório de Processos e Gerência de Projetos. Atualmente aprofunda seus conhecimentos nas áreas da Psicologia e Neurociência.

Contato: anacarolina@coachee.com.br  |  www.coachee.com.br