Nível Médio

ANAC – 2015

Postado em Atualizado em

Por Washington Barbosa

Anac

A ANAC – Agência Nacional de Aviação Civil – encaminhou solicitação para realização de novo concurso público ao Ministério do Planejamento, em julho de 2014, pedido esse que já avançou na Pasta. Espera-se que, com a divulgação do orçamento 2015, acelere a aprovação da seleção. O prazo de validade do último certame promovido pel0 Órgão expirou em abril deste ano e, sendo assim, é necessário abrir um novo processo seletivo para suprir a demanda de servidores.

O novo concurso público visa preencher 534 vagas de níveis médio e superior, de acordo com a assessoria de imprensa do órgão. Entre essas: 31 ofertas para técnico administrativo e 138 para técnico em regulação de aviação civil, postos que exigem o nível médio completo com remuneração inicial de R$ 6.062,52 e R$ 6.330,52, respectivamente.

Caso o pedido seja aprovado pelo MPOG – Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão – também podem ser oferecidas 83 vagas para analista administrativo e 282 para especialista em regulação civil. Ambos os cargos exigem diploma de nível superior em qualquer área de atuação, exceto para alguns cargos de especialista, que podem exigir formação específica. O salário de analista atualmente está em R$ 11.444,29 e o de especialista em R$ 12.347,49. As remunerações de todas as carreiras já incluem o auxílio alimentação no valor de R$ 373,00

O departamento de comunicação da Agência não informou os Estados onde as vagas serão lotadas, pois tal ponto será definido somente após a obtenção do aval por parte do MPOG. No entanto, no último concurso do órgão, as oportunidades foram distribuídas no Distrito Federal, São Paulo e Rio de Janeiro.

ATÉ A SUA CERIMÔNIA DE POSSE!

VEJA TAMBÉM:

Concursos 2015

MPOG 2015

MTE 2015

Ministério da Fazenda 2015

FUNAI – 2015

Ministério da Justiça – 2015

Concurso TJDFT – 2015

Notícia AGU 2015

wasWASHINGTON LUÍS BATISTA BARBOSA é especialista em Direito Público e em Direito do Trabalho, MBA Marketing e MBA Formação para Altos Executivos;

Desempenhou várias funções na carreira pública e privada, dentre as quais: Assessoria Jurídica da Diretoria Geral e Assessoria Técnica da Secretaria Geral da Presidência do Tribunal Superior do Trabalho, Diretor Fiscal da Procuradoria Geral do Governo do Distrito Federal, Cargos de Alta Administração no Conglomerado Banco do Brasil.

Coordenador de Cursos Jurídicos de pós-graduação e preparatórios para concursos públicos. Autor de vários artigos publicados em revistas especializadas. Editor dos blogs washingtonbarbosa.com, tw/wbbarbosa, e fb/washingtonbarbosa.professor

Anúncios

Notícia TRT 3ª Região

Postado em Atualizado em

Por Washington Barbosa

Quarta

Meu querido aluno, minha querida aluna, uma boa notícia para você que está estudando par ao novo concurso do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região (TRT 3ª), com sede em Minas Gerais: Foi publicado no Diário Oficial da União o extrato de contratação da banca organizadora, a Fundação Carlos Chagas. Com isto, é provável que a publicação do edital para o novo certame, ocorra nos próximos dias.

Como foram criados novos cargos para a 1ª instância da Justiça do Trabalho, conforme aquiescência do presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministro Ricardo Levandowski, em fevereiro. A previsão é de que o Órgão contemple o provimento de 640 vagas, além de formação de cadastro reserva de pessoal.

Nesse novo concurso público para o TRT 3ª Região, haverá oportunidades para técnicos (nível médio) e analistas (nível superior), com formação específica, de acordo com a área de formação. As remunerações iniciais, atualizadas, são de R$ 5.365,92 (cinco mil, trezentos e sessenta e cinco reais e noventa e dois centavos) para técnicos e R$ 8.803,97 (oito mil, oitocentos e três reais e noventa e sete centavos) para analistas.

O certame anterior para estes cargos ocorreu em 2009. Sob a organização também da Fundação Carlos Chagas. Para o cargo de técnicos, as opções foram nas áreas de administrativa, apoio especializado especialidade tecnologia da informação e administrativa especialidade contabilidade.

 Para analistas, as oportunidades foram para as áreas , analista judiciário – área administrativa, analista judiciário – área judiciária, judiciária – especialidade execução de mandados, área administrativa – especialidade contabilidade, área apoio especializado – especialidade arquitetura, apoio especializado – especialidade arquitetura, apoio especializado – especialidade arquivologia, apoio especializado – especialidade enfermagem, apoio especializado – especialidade engenharia civil, apoio especializado – especialidade engenharia elétrica, apoio especializado – especialidade estatística, apoio especializado  – especialidade fisioterapia, apoio especializado – especialidade medicina, apoio especializado – especialidade medicina – cardiologia, apoio especializado – especialidade medicina – psiquiatria, apoio especializado – especialidade odontologia – pediatria, apoio especializado – especialidade odontologia – prótese, apoio especializado – especialidade psicologia, apoio especializado especialidade serviço social e apoio especializado especialidade tecnologia da informação.

Para analistas, na área administrativa, a prova contou com 20 questões de português e 40 de conhecimentos específicos, além de redação. Para os demais analistas foram 20 de conhecimentos gerais (língua portuguesa e noções de direito) e 20 de conhecimentos específicos. Para técnico na área administrativa, 30 de língua portuguesa e 30 de conhecimentos e específicos e para os demais técnicos, 30 de conhecimentos gerais (língua portuguesa e noções de direito) e 30 de conhecimentos específicos.

ATÉ A SUA CERIMÔNIA DE POSSE!

VEJA TAMBÉM:

Concursos 2015

MPOG 2015

MTE 2015

Ministério da Fazenda 2015

FUNAI – 2015

Ministério da Justiça – 2015

Concurso TJDFT – 2015

Notícia AGU 2015

wasWASHINGTON LUÍS BATISTA BARBOSA é especialista em Direito Público e em Direito do Trabalho, MBA Marketing e MBA Formação para Altos Executivos;

Desempenhou várias funções na carreira pública e privada, dentre as quais: Assessoria Jurídica da Diretoria Geral e Assessoria Técnica da Secretaria Geral da Presidência do Tribunal Superior do Trabalho, Diretor Fiscal da Procuradoria Geral do Governo do Distrito Federal, Cargos de Alta Administração no Conglomerado Banco do Brasil.

Coordenador de Cursos Jurídicos de pós-graduação e preparatórios para concursos públicos. Autor de vários artigos publicados em revistas especializadas. Editor dos blogs washingtonbarbosa.com, tw/wbbarbosa, e fb/washingtonbarbosa.professor

Concurso MPOG 2015

Postado em Atualizado em

Por Washington Barbosa

SEg2

Meu querido aluno, minha querida aluna, continuando com boas notícias para vocês: O novo concurso do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão será organizado pelo  Cespe/UnB.

Está previsto cerca de 556 (quinhentos e cinquenta e seis) vagas. Uma ótima oportunidade para os concurseiros que almejam ingressar no quadro de pessoal do MPOG ou da ENAP – Escola Nacional de Administração Pública, vinculada ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.

O concurso foi autorizado em dezembro do ano passado, a expectativa é que a publicação do edital ocorra ainda este semestre, fala-se, inclusive, em lançamento do edital na primeira quinzena do mês de maio/2015. O extrato de dispensa da licitação foi publicado no Diário Oficial da União da última quinta-feira, definindo o Cespe/UnB como organizador da seleção.

A seleção visa preencher 534 (quinhentas e trinta e quatro) vagas para o MPOG e 22 (vinte e duas) vagas para Enap. No caso do Ministério do Planejamento,  o a distribuição das vagas é para os cargos de: analista de Tecnologia da Informação (300), administrador (6), analista técnico administrativo (83), arquivista (9) arquiteto (16), assistente social (7), contador (14), economista (7), engenheiro (54), geógrafo (17), geólogo (16), médico do trabalho (4) e técnico em assuntos educacionais (1). Já na Enap, haverá oportunidades para técnico de nível superior (4) e técnico em assuntos educacionais (18).

As remunerações iniciais para os cargos de geólogo, economista, engenheiro e arquiteto são de R$ 5.334,90 (cinco mil, trezentos e trinta e quatro reais e noventa centavos). Para os demais cargos de nível superior 0 vencimento inicial é de R$ 4.247,82 (quatro mil, duzentos e quarenta e sete reais e oitenta e dois centavos). Já para o cargo de médico a remuneração inicial é de R$ 3.489,42 (três mil, quatrocentos e oitenta e nove rais e quarenta e dois centavos), referente a carga de trabalho de 20 horas semanais. Os candidatos aprovados terão, também, auxílio alimentação no valor de R$ 373,00 (trezentos e setenta e três reais). Como ambos os órgãos possuem sede em Brasília, no Distrito Federal, as vagas serão todas lotadas na região. Não foi divulgado ainda se as provas serão aplicadas em outros Estados, como ocorreu nas últimas seleções.

ATÉ A SUA CERIMÔNIA DE POSSE!

Veja também:

Concursos 2015

Ministério da Fazenda 2015

FUNAI – 2015

Ministério da Justiça – 2015

Concurso TJDFT – 2015

Notícia AGU 2015

wasWASHINGTON LUÍS BATISTA BARBOSA é especialista em Direito Público e em Direito do Trabalho, MBA Marketing e MBA Formação para Altos Executivos;

Desempenhou várias funções na carreira pública e privada, dentre as quais: Assessoria Jurídica da Diretoria Geral e Assessoria Técnica da Secretaria Geral da Presidência do Tribunal Superior do Trabalho, Diretor Fiscal da Procuradoria Geral do Governo do Distrito Federal, Cargos de Alta Administração no Conglomerado Banco do Brasil.

Coordenador de Cursos Jurídicos de pós-graduação e preparatórios para concursos públicos. Autor de vários artigos publicados em revistas especializadas. Editor dos blogs washingtonbarbosa.com, tw/wbbarbosa, e fb/washingtonbarbosa.professor

Concurso CGU

Postado em Atualizado em

Por Washington Barbosa

cgau

Atenção meus queridos alunos e minhas queridas alunas, A CGU – Controladoria-Geral da União – em breve poderá lançar novo edital para concurso público. O Órgão encaminhou, em outubro de 2014, pedido ao MPOG – Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão – para a abertura de 876 (oitocentas e setenta e seis) vagas de técnico de finanças e controle.

Os candidatos devem possuir certificado de ensino médio e de acordo com a assessoria de imprensa da CGU, a remuneração inicial é de R$ 5.692,36, mais  R$ 373,00 de auxílio-alimentação.

O último concurso para este cargo ocorreu em 2008, a banca examinadora foi a ESAF e a avaliação ocorreu por meio da aplicação de prova objetiva de conhecimentos gerais e específicos.

ATÉ A SUA CERIMÔNIA DE POSSE!

Veja também:

Concursos 2015

A Análise do Edital para Delegado PC/DF (Parte I)

A Análise do Edital para Delegado PC/DF (Parte II)

A Análise do Edital para Delegado PC/DF (Parte III)

A Análise do Edital para Delegado PC/DF (Parte IV)

A Análise do Edital para Delegado PC/DF (Parte V)

wasWASHINGTON LUÍS BATISTA BARBOSA é especialista em Direito Público e em Direito do Trabalho, MBA Marketing e MBA Formação para Altos Executivos;

Desempenhou várias funções na carreira pública e privada, dentre as quais: Assessoria Jurídica da Diretoria Geral e Assessoria Técnica da Secretaria Geral da Presidência do Tribunal Superior do Trabalho, Diretor Fiscal da Procuradoria Geral do Governo do Distrito Federal, Cargos de Alta Administração no Conglomerado Banco do Brasil.

Coordenador de Cursos Jurídicos de pós-graduação e preparatórios para concursos públicos

Editor dos blogs www.washingtonbarbosa.comwww.twitter.com/wbbarbosa, e https://www.facebook.com/washingtonbarbosa.professor

Autor de vários artigos publicados em revistas especializadas.

 

Oportunidades para as Carreiras Jurídicas

Postado em Atualizado em

Por Washington Barbosa

OP

Bom dia meu querido aluno, minha queria aluna, começo com uma notícia que vai animá-los, ainda mais: A Polícia Civil São Paulo em seu novo concurso (2015) vai oferecer mais de 3000 vagas! Você não pode perder essa oportunidade! Este certame irá selecionar candidatos para vários cargos, confira-os com suas respectivas remunerações:

Nível Superior

  • Delegado – Salário R$8.252,59
    Escrivão  – Salário R$ 3.474,90
    Investigador – Salário R$ 3.474,90
    Perito Criminal – Salário R$7.966,98

Nível Médio

  • Papiloscopista – Salário R$3.451,78
  • Agente Telecomunicações – Salário R$3.451,78
  • Agente Policial – Salário R$ 3.336,86
  • Fotógrafo Técnico Pericial – Salário R$3.451,7
    Auxiliar De Necropsia   – Salário R$3.451,78

Já no Nordeste a novidade fica a cargo do Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região, (TRT da 7ª Região), no Ceará, que em breve poderá lançar o edital para seu novo concurso. Como a validade do último certame foi encerrado, o pedido para criação de cinco cargos de juiz do trabalho, 31 de analista judiciário e 15 de técnico judiciário, que já foi aprovado no Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), no Tribunal Superior do Trabalho (TST) e no Conselho Nacional de Justiça (CNJ), agora, aguarda edição de texto para se tornar projeto de lei, e ir à pauta no Congresso Nacional. A Secretaria de Gestão de Pessoas do órgão informou que apesar de o concurso ainda está em processo administrativo, não descarta a possibilidade da publicação do edital ainda para este ano.

É, também, uma ótima oportunidade! Com a carga horária estipulada de 40 horas semanais, e remuneração inicial de R$8.803,97 para analistas e R$5.365,92 para os técnicos. Já o subsídio atual de um juiz do trabalho do TRT-CE chega a R$23.997,18. Em 2009 foi realizado o último concurso para o quadro de servidores e a banca organizadora do certame foi a Fundação Carlos Chagas (FCC). Na ocasião, foram oferecidas 94 vagas para o cargo de analista, com exigência de nível superior, e 85 para técnico, cuja escolaridade mínima é o ensino médio, ambas com reserva de vagas para pessoas com deficiência. Já para magistrados, o último certame foi realizado em 2005 pela Escola da Administração Fazendária (Esaf) e ofertou 12 vagas. A escolaridade exigida é de bacharelado em Direito com, no mínimo, três anos de atividade jurídica.

Fonte. Folha Dirigida

BONS ESTUDOS E ATÉ A SUA CERIMÔNIA DE POSSE!

Veja também:

Traduzindo o Edital CNMP

O CNMP na Constituição

A Análise do Edital DPU (Parte I)

A Análise do Edital para Delegado PC/DF (Parte I)

A Análise do Edital para Delegado PC/DF (Parte II)

A Análise do Edital para Delegado PC/DF (Parte III)

A Análise do Edital para Delegado PC/DF (Parte IV)

A Análise do Edital para Delegado PC/DF (Parte V)

wasWASHINGTON LUÍS BATISTA BARBOSA é especialista em Direito Público e em Direito do Trabalho, MBA Marketing e MBA Formação para Altos Executivos;

Desempenhou várias funções na carreira pública e privada, dentre as quais: Assessoria Jurídica da Diretoria Geral e Assessoria Técnica da Secretaria Geral da Presidência do Tribunal Superior do Trabalho, Diretor Fiscal da Procuradoria Geral do Governo do Distrito Federal, Cargos de Alta Administração no Conglomerado Banco do Brasil.

Coordenador de Cursos Jurídicos de pós-graduação e preparatórios para concursos públicos

Editor dos blogs www.washingtonbarbosa.comwww.twitter.com/wbbarbosa, e https://www.facebook.com/washingtonbarbosa.professor

Autor de vários artigos publicados em revistas especializadas.

Saiu o Edital TJ-RJ

Postado em Atualizado em

Edital

Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro 2014

O Concurso visa ao preenchimento imediato de 90 (noventa) vagas, para o cargo de Técnico de Atividade Judiciária sem especialidade do Quadro Único de Pessoal do Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro.

INFORMAÇÕES FUNDAMENTAIS

BANCA EXAMINADORA: Fundação Getulio Vargas – FGV.

VALIDADE DO CONCURSO: O prazo de validade do concurso será de 1 ano, contados a partir da data de publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período.

 

INSCRIÇÃO:

  1. A taxa de inscrição será de R$ 58,00 (cinquenta e oito reais)
  2. As inscrições podem ser realizadas das 14h00min do dia 29, de setembro de 2014 às 23h59min do dia 15 de outubro de 2014.

– VIA INTERNET pelo endereço eletrônico www.fgv.br/fgvprojetos/concursos/tjrj

 

DO CARGO

Ensino Médio ou curso técnico equivalente

Cargo: Técnico de Atividade Judiciária sem especialidade

Remuneração: R$ 3.518,13 (Três mil, quinhentos e dezoito reais e treze centavos).

Ao ingressar no Quadro Único de Pessoal do Poder Judiciário, o servidor terá à sua disposição:

Auxílio-refeição e/ou auxílio-alimentação (nos termos da Resolução nº 6/2007 do Órgão Especial, e Ato Normativo nº 10/2014 deste Tribunal);

Auxílio-locomoção (nos termos da Resolução nº 2/2009, do Órgão Especial, e do Ato Normativo nº 6/2009 deste Tribunal);

Assistência médica (nos termos do Ato Normativo nº 8/2011, deste Tribunal);

3.5.4 Auxílio-creche (nos termos da Resolução nº 06/2005, do Órgão Especial e do Ato Normativo nº 1/2006 deste Tribunal);

 

DO REGIME JURÍDICO:  O servidor ingressa em quadro de carreira, nos termos da Lei Estadual nº 4620/2005.

DA JORNADA DE TRABALHO: 40 (quarenta) horas semanais.

DOS CANDIDATOS PORTADORES DE DEFICIÊNCIA

Do total de vagas destinadas para cada cargo, 5% (cinco por cento) serão reservadas  aos candidatos que se declararem pessoas com deficiência, conforme disposto na conforme disposto no Decreto Federal nº 3.298/99, que regulamenta a Lei Federal nº 7.853/89, e a Lei Estadual nº 2.298 de 28 de julho de 94

 

DA AVALIAÇÃO:

Técnico de Atividade Judiciária sem especialidade

Prova Objetiva

GRUPO I:

Língua Portuguesa

Raciocínio Lógico Matemático

GRUPO II:

Noções de Direito Administrativo e Constitucional

Noções de Direito Processual Civil

Noções de Direito Processual Penal

GRUPO III:

Noções de Custas Judiciais

CODJERJ, Consolidação Normativa e Legislação Complementar

 A Prova Escrita Objetiva será composta por 100(cem) questões de múltipla escolha, numeradas sequencialmente, com 05 (cinco) alternativas e apenas uma resposta correta.

Será atribuída nota zero à questão que não apresentar nenhuma resposta assinalada, apresentar emenda ou rasura ou contiver mais de uma resposta assinalada.

Será considerado aprovado na Prova Objetiva o candidato que:

acertar, no mínimo, 50% (cinquenta por cento) do total da prova, ou seja, 50 questões;

acertar, no mínimo, 40% (quarenta por cento) do total dos Grupos II e III, ou seja, 24 questões; e

acertar no mínimo 1 (uma) questão em cada uma das disciplinas contidas nos 3 (três) Grupos.

 

DA REALIZAÇÃO DAS PROVAS:

A aplicação das Provas duração de 4 (quatro) horas, dia 23 de novembro de 2014, das 8h às 13h,  serão realizadas nas seguintes cidades: Rio de Janeiro, Niterói, Petrópolis, Duque de Caxias, Volta Redonda, Campos dos Goytacazes, Vassouras, Itaguaí, Nova Friburgo, Itaperuna e Cabo Frio.

Veja edital completo.

DO RESULTADO

O resultado final será homologado pelo Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro mediante publicação no Diário da Justiça Eletrônico e divulgado na Internet nos sites da FGV e do TJ/RJ.

Veja também:

A Análise do Edital DPU (Parte I)

A Análise do Edital para Delegado PC/DF (Parte I)

A Análise do Edital para Delegado PC/DF (Parte II)

A Análise do Edital para Delegado PC/DF (Parte III)

A Análise do Edital para Delegado PC/DF (Parte IV)

A Análise do Edital para Delegado PC/DF (Parte V)

wasWASHINGTON LUÍS BATISTA BARBOSA é especialista em Direito Público e em Direito do Trabalho, MBA Marketing e MBA Formação para Altos Executivos;

Desempenhou várias funções na carreira pública e privada, dentre as quais: Assessoria Jurídica da Diretoria Geral e Assessoria Técnica da Secretaria Geral da Presidência do Tribunal Superior do Trabalho, Diretor Fiscal da Procuradoria Geral do Governo do Distrito Federal, Cargos de Alta Administração no Conglomerado Banco do Brasil.

Coordenador de Cursos Jurídicos de pós-graduação e preparatórios para concursos públicos

Editor dos blogs www.washingtonbarbosa.comwww.twitter.com/wbbarbosa, e https://www.facebook.com/washingtonbarbosa.professor.

Autor de vários artigos publicados em revistas especializadas.

ANTAQ 2014

Postado em Atualizado em

Análise de edital

 

 

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR E MÉDIO

 

INFORMAÇÕES FUNDAMENTAIS

 Veja outras informações já divulgadas: http://wp.me/pBxYE-1Em

BANCA EXAMINADORA: CESPE/UNB

 

VALIDADE DO CONCURSO: O prazo de validade do concurso será de até 1 ano, contados a partir da data de publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período.

INSCRIÇÃO:

 

I –  A taxa de inscrição será de R$ 120,00 (cento e vinte reais) para os cargos de Nível Superior e R$ 80,00 (oitenta reais) para os cargos de Nível Médio.

II –  As inscrições podem ser realizadas das 10h00min do dia 25/07/14 às 23h59min do dia 13/08/14.

– VIA INTERNET pelo endereço eletrônico http://www.cespe.unb.br//concursos/antaq_14/

DOS CARGOS

NÍVEL SUPERIOR:

–        Cargo: ANALISTA ADMINISTRATIVO – ÁREA CIÊNCIAS CONTÁBEIS

Remuneração: R$ 10.543,90 (dez mil, quinhentos e quarenta e três reais e noventa centavos).

ÁREAS:

ÁREA REQUISITO VAGAS
Analista Administrativo (Ciências Contábeis) Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em Ciências Contábeis, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

3

Analista Administrativo (TI – Analista de Infraestrutura) Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior na área de informática, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

2

Analista Administrativo (TI – Analista De Sistema e Negócios)

 

 

 

Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior na área de informática, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

3

Analista Administrativo (Qualquer Área De Formação)  Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC

9

Especialista em Regulação de Serviços de Transportes Aquaviários (Econômico-Financeira) Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC

8

Especialista em Regulação de Serviços de Transportes Aquaviários (Qualquer Área de Formação) Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC

44

 

–        Cargo: NÍVEL MÉDIO

Remuneração: R$ 5.418,25

ÁREAS:

Administrativa Certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo segundo grau) ou curso técnico equivalente, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC.

19

Técnico em Regulação de Serviços de Transportes Aquaviários Certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo segundo grau) ou curso técnico equivalente, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC.

55

 

DO REGIME JURÍDICO:  Os candidatos que ingressarem nos quadros de pessoal da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ) serão regidos pelo Regime Jurídico Único, conforme dispõe a Lei n.º 8.112, de 11 de dezembro de 1990.

DA JORNADA DE TRABALHO: 40 (quarenta) horas semanais.

DOS CANDIDATOS PORTADORES DE DEFICIÊNCIA

Do total de vagas destinadas para cada cargo, 5% (cinco por cento) serão providas na forma do art. 5.º, § 2.º, da Lei n.º 8.112, de 11 de dezembro de 1990

 

DAS AVALIAÇÕES:

 NÍVEL SUPERIOR – ANALISTA ADMINISTRATIVO

PROVA/TI PO ÁREA DE CONHECIMENTO NÚMEROS DE ITENS
(P1) Objetiva Conhecimentos Básicos

50

(P2) Objetiva Conhecimentos Específicos

70

(P3) Discursiva Dissertação
Avaliação de títulos

NÍVEL SUPERIOR – SOMENTE PARA OS CARGOS DE ESPECIALISTA EM REGULAÇÃO DE SERIÇOS DE TRANSPORTES AQUAVIÁRIOS

PROVA/TI PO ÁREA DE CONHECIMENTO NÚMEROS DE ITENS
(P1) Objetiva Conhecimentos Básicos

50

(P2) Objetiva Conhecimentos Específicos

70

(P3) Discursiva Dissertação
Avaliação de títulos
Curso de Formação

 

NÍVEL MÉDIO

PROVA/TI PO ÁREA DE CONHECIMENTO NÚMEROS DE ITENS
(P1) Objetiva Conhecimentos Básicos

50

(P2) Objetiva Conhecimentos Específicos

70

(P3) Discursiva Dissertação

 

  • A Prova será composta por questões para julgamento, devendo ser marcado se o item está CERTO ou ERRADO.
  • Será atribuído um ponto POSITIVO para a questão marcada de acordo com o gabarito e um ponto NEGATIVO para a questão marcada em desacordo.
  • UMA MARCAÇÃO ERRADA ANULA UMA MARCAÇÃO CORRETA
  • Será eliminado o candidato que não alcançar:
  • 10 pontos na prova objetiva Conhecimentos Básicos
  • 21 pontos na prova de Conhecimentos Específicos
  • 36 pontos no conjunto das duas provas (BÁSICOS + ESPECÍFICOS)
  • Somente serão corrigidas as provas discursivas dos candidatos habilitados e mais bem classificados nas provas objetivas, no limite estabelecido abaixo, mais os empates da última posição

 

DOS LOCAIS DE PROVAS:

Os locais e os horários de aplicação da prova objetiva serão divulgados no endereço eletrônico http://www.cespe.unb.br//concursos/antaq_14/

DA REALIZAÇÃO DAS PROVAS:

NÍVEL SUPERIOR E MÉDIO:

A aplicação das Provas de Nível Superior e Médio terá a duração de 4 (quatro ) horas e 30 (trinta) minutos.

AS PROVAS DE NÍVEL SUPERIOR E MÉDIO SERÃO APLICADAS EM PERÍODOS DISTINTOS

 

As provas serão realizadas no dia 28 de setembro de 2014

NÍVEL SUPERIOR – TURNO DA MANHÃ

NÍVEL MÉDIO – TURNO DA TARDE

DICAS: É aconselhável o candidato chegar com pelo menos 1 hora de antecedência do início das provas. A antecedência evita vários transtornos: engarrafamento, estacionamento, quebra de carro, etc.

DICAS: É bom o candidato começar a prova objetiva pela matéria que tenha mais afinidade, não é aconselhável iniciar a prova objetiva com matérias que possuem longos textos, como por exemplo, Português. Também não é aconselhável deixar Português para fazer por último. Dividir o tempo é de fundamental importância, isso facilita a resolução da prova objetiva.

DO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Conhecimentos BÁSICOS para os cargos de Especialista em Regulação de Serviços de Transporte Aquaviários

I – LÍNGUA PORTUGUESA

II – LÍNGUA INGLESA

III – NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO

IV – NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL

V – NOÇÕES DE DIREITO TRIBUTÁRIO

VI – AGÊNCIAS REGULADORAS

VII – ÉTICA NO SERVIÇO PÚBLICO

 

Conhecimentos BÁSICOS para os cargos de Analista Administrativo

 I – LÍNGUA PORTUGUESA

II – LÍNGUA INGLESA

III – NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO

IV – NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL

V – AGÊNCIAS REGULADORAS

VI – ÉTICA NO SERVIÇO PÚBLICO

Conhecimentos BÁSICOS para os cargos de Nível Médio

 I – LÍNGUA PORTUGUESA

II – NOÇÕES DE INFORMÁTICA

III – RACIOCÍNIO LÓGICO

IV – ÉTICA NO SERVIÇO PÚBLICO

DO RESULTADO

O resultado final do concurso público será publicado no Diário Oficial da União e divulgado na internet, no endereço eletrônico http://www.cespe.unb.br

Bons estudos e até a sua aprovação!