meta

Coaching para Concursos

Postado em Atualizado em

*por Ana Carolina Mendonça

Coaching

O ano novo chegou e eu lhe convido a refletir: Que resultados você está colhendo hoje? Como está sua vida neste exato momento? Como estará sua vida neste ano que se inicia? E daqui a cinco anos? A Dez anos? Que decisões você está tomando hoje para realizar seus sonhos? unnamed

São suas decisões que moldam a pessoa que você se torna. Elas se repercutem diretamente no seu comportamento, na sua comunicação e nas suas atitudes.

O primeiro passo para compreender que o que você será, terá e construirá amanhã é estar consciente de que os resultados colhidos hoje são fruto das suas decisões anteriores.

O poder da decisão está em suas mãos, mas será que você o conhece e o domina plenamente?

Dica 1: Decisão marca o início – Não demore a vida toda para decidir. Apartir da decisão, entra em movimento uma nova causa, efeito, direção e destinação para a sua vida.

Dica 2: Decisão é ação – Decidir implica agir. Se não há ação, você não decidiu realmente. Dessa forma, no momento da tomada de decisão, já dê o primeiro passo.

Dica 3: Tome decisões com frequência – Quanto mais decisões você toma, melhores elas serão. Como tudo na vida, é a prática leva à perfeição. Desfrute!

Dica 4: Aprenda com suas decisões –Independentemente do resultado atingido, sempre haverá ensinamentos. Se o resultado não foi o desejado, está em suas mãos decidir em se punir ou aprender com os erros e tirar lições que possam lhe auxiliar no futuro.

Dica 5: Busque conhecimento –Muito provavelmente no momento da tomada de decisões você não possui todo o conhecimento necessário para a execução da sua meta. Certamente, outras pessoas poderão lhe auxiliar nessa empreitada, invista em aprender.

Dica 6: Comprometa-se com suas decisões – A conquista está no processo de materializar a decisão, no engajamento e no comprometimento com a mudança. Então, quando você pensar em desistir, lembre-se dos motivos que lhe levaram a começar e siga em frente.

Quanto tempo você levará para iniciar as mudanças que deseja em sua vida? O que te impede agora de tomar aquela decisão que você já vem adiando?

A decisão de hoje revelará amanhã quem você é!

Viva a sua melhor versão!

A escolha é sua!!

VEJA MAIS SOBRE COACHING:saiba mais

Impulsionando a sua Memória

Regulou o seu Foco?

Técnicas de Memorização

Conhece o Princípio 10/90?

Confiança e Ansiedade na Aprendizagem

Inteligência se Aprende

foto_pose_5

ANA CAROLINA MENDONÇA é Master Coach com certificação nas especialidades Life e Executive Coaching, pela Federação Brasileira de Coaching Integral Sistêmico, em parceria com a Florida Christian University. Palestrante e Articulista Semanal em Coaching. Servidora pública com atuações no Banco Central do Brasil, no Tribunal Superior do Trabalho e no Conselho Superior da Justiça do Trabalho e com experiências em Planejamento Estratégico, Escritório de Processos e Gerência de Projetos.

Contato: (61) 8413-8543

anacarolina@coachee.com.br  // www.coachee.com.br

**O Coaching é uma metodologia que permite você compreender melhor a sua situação atual, definir exatamente onde você quer chegar e projetar ações efetivas para alcançar os seus objetivos! Conheça mais e se surpreenda com os seus próprios resultados!!

Anúncios

Coaching para Concursos

Postado em Atualizado em

CONSTRUIR A APROVAÇÃO

* por Ana Carolina Mendonça

 engrenagem

Você se sente preparado para passar no concurso almejado?

 Para a realização de um objetivo você precisa de certas capacidades ou habilidades, um plano que contenha a estratégia e os passos a serem seguidos até atingir o resultado e um motivo que te faça mover-se em direção àquele objetivo.

 No mundo dos concursos essa ideia se aplica perfeitamente: Ser aprovado no concurso almejado (objetivo) requer:

 1)     CAPACIDADE – mais do que o próprio conhecimento das matérias, esse item aponta as habilidades para aprender, para realizar provas e, em alguns casos, para o desenvolvimento da escrita ou da oratória.

 2)     PLANO – será imensamente útil na organização do estudo e na priorização dos conhecimentos a serem estudados, no alcance da concentração necessária para cada sessão de estudos, bem como no momento da prova. Com um plano em mãos, as atividades são organizadas de forma sistemática e concatenada a fim de se alcançar o objetivo traçado, considerando a restrição de tempo até a data de realização da prova e os demais fatores prós e contra existentes no percurso.

 3)     MOTIVO – ter uma forte motivação para realizar algo permite o “ir além”, superar barreiras e limites, bem como vencer provas desafiadoras. Ter um motivo realmente forte e inspirador permite a mobilização de forças interiores, muitas vezes até desconhecidas no dia-a-dia, mas que fazem a diferença em momentos de resignação e resistência.

  Requisitos

Refletir sobre esses requisitos da aprovação lhe permitirá identificar pontos de melhoria e, assim, compreender o que lhe falta para atingir seu desejado sonho. É possível que você prefira uma orientação externa de um profissional capacitado, nesse caso, um Coach para Concursos experiente poderá lhe orientar adequadamente, encurtando a sua jornada para a aprovação e lhe aproximando da realização dos seus sonhos.

Você deverá possuir os três elementos apontados no gráfico, a falta de um deles tende a prejudicar o projeto. A exemplo disso temos que frequentemente pessoas se queixam por não conseguirem realizar os planos a que se destinam, dizem simplesmente que não conseguem executá-lo. Nesses casos, provavelmente o que lhes falta não é o plano ou a capacidade para realizá-lo, senão que um motivo mais refinado ou, mesmo, um motivo positivo.

O que seria isso? Certas motivações tendem a gerar ou aumentar a pressão interna por resultados, o que só prejudica, principalmente, quando lidamos com concursos públicos. Passar no concurso para se ver livres dos pais ou do cônjuge, para se sentir importante, para fugir do desemprego ou do fracasso, para superar algum complexo de inferioridade, para “sair do buraco” mostar que a pessoa está orientada por uma situação negativa. Essas motivações não são tão eficientes.

Por outro lado, quando se decide estudar por motivos positivos, como realizar-se profissionalmente, vencer na vida, alcançar um sonho, ser útil à família e à sociedade; a tensão e o estresse não se acumulam na mente do estudante, as energias fluem com mais suavidade. Há um motivo nobre a ser alcançado que fortalece o estudante em busca da realização.

Diante disso, tome um pedaço de papel e nos próximos instantes escreva a sua motivação para realizar o seu sonho. Não deixe para depois! Escreva o real motivo que te move a realizar seu sonho.

Escreveu?  Muito bem!

Agora, sinceramente, você tem se dedicado a desenvolver suas capacidades? Como está o seu planejamento? Você possui um plano, ele está escrito ou apenas na sua cabeça? Ele está suficientemente detalhado? Você cumpre as atividades do plano? Você sente segurança e confiança no processo?

Após essas reflexões, aproveite o campo comentários para esclarecer qualquer dúvida e deixar sua mensagem!

image

ANA CAROLINA MENDONÇA é Master Coach com certificação Internacional em Coaching Integral Sistêmico, nas especialidades Life e Executive Coaching. Formada em Ciências Contábeis – Universidade de Brasília, com pós-graduação em Controle e Auditoria Públicos. Atuou no Banco Central do Brasil e no Tribunal Superior do Trabalho e desempenha função no Conselho Superior da Justiça do Trabalho.

Coching para Concursos

Postado em Atualizado em

ENSINE SEU CÉREBRO

A PRODUZIR

ENERGIA E A NÃO

DESPERDIÇÁ-LA

* por Ana Carolina Mendonça

 shutterstock_49065151

Você já notou uma pessoa radiante? Você já se sentiu energizado depois de falar com alguém radiante? O que essa pessoa tem de diferente?

 

Numa pessoa radiante muitas vezes há uma alegria e uma felicidade contagiantes, mas, o que a torna realmente radiante é sua ENERGIA VITAL. Isso mesmo, a energia que nos mantém vivos. A energia vital chega a ser tanta em algumas pessoas que se irradia e contagia a quem esteja em sua volta.

A energia vital é fundamental na conquista dos nossos objetivos, ela é produzida internamente pelo organismo vivo, é um processo natural, no entanto, muitas pessoas em algum momento de suas vidas encontram-se carentes de energia vital, impactando diretamente nos resultados obtidos.

É possível ensinar nosso cérebro a produzir energia e, mais ainda, ensiná-lo a como não desperdiçá-la. Em verdade, estaremos ensinando-o a intensificar um conhecimento que ele já possui, mas que, por algum motivo, não está realizando adequadamente, veremos porquê.

Passo 1 –  Criar objetivos

Entendendo que somos organismos desenhados para atingir objetivos, precisamos exercer esta função a cada momento. Assim, inicialmente, é necessário saber os resultados que queremos obter e, para isso, é importante desenvolver nossa capacidade de CRIAR OBJETIVOS e de nos DIRECIONARMOS a eles, ajustando o FOCO de nossas atenções.

Todas as vezes que estabelecemos um objetivo corretamente, todo o nosso organismo se prepara para atingi-lo. Nós fomos criados para isso. Precisamos estar em boas condições, com nossas funções cognitivas em alerta e, claro, supridos das energias necessárias. É assim que o fato de ter algo a realizar produz energia vital.

Passo 2 – Objetivo positivo

Não basta ter um objetivo, ele deve ser positivo e motivado por RAZÕES POSITIVAS.Tomando o exemplo dos estudantes, sejam eles universitários ou candidatos a provas ou concursos públicos, tão importante quanto traçar um objetivo é ter em mente uma razão positiva para o seu objetivo.

Quando o estudo para um concurso é motivado pelo medo do desemprego ou do fracasso ou para superar algum complexo de inferioridade, em pouco tempo surgirá uma enorme pressão interna por resultados, que prejudica o rendimento cerebral e emotivo, e compromete imensamente a aprendizagem.

Por outro lado, estudar por motivos positivos, como realizar-se profissionalmente, alcançar um sonho, ser útil à sua família ou ao seu país, retribuir o bem recebido, haverá uma forte tendência a multiplicação do rendimento dos estudos e na aprendizagem. A tensão e o estresse terão muito menor guarida. A mente estará motivada por pensamentos positivos, o que auxiliará no próximo passo.

Passo 3 – Vigiar os pensamentos

Tão relevante como produzir energia vital é evitar seu desperdício. Nós desperdiçamos energia vital se ocuparmos nosso pensamento e imaginação com imprecações, maledicências, “fofocas”, reclamações da vida, expressões de desânimo. Bem como se usarmos palavras e expressões tóxicas, ou seja, aquelas que expressam raiva, ódio, dúvida, desânimo, dúvida, incerteza, autopiedade e por aí afora. Não conseguimos impedir que um pensamento negativo surja em nossa cabeça, como não podemos impedir que um passarinho voe sobre ela, mas podemos impedir que ali faça ninho.

Lembre-se que o cérebro está pronto a aprender negatividade ou positividade: a escolha é nossa! Em vez de reclamar, contribua para consertar!!

 Passo 4 – Visualizar

A visualização dos objetivos alcançados, da meta concretizada te aproximam da realização. Visualizar-se intensamente no momento da concretização ou em um momento posterior, se permitindo ouvir, ver e sentir com todos os detalhes gera energia vital. O cérebro não faz diferença entre o que é vividamente imaginado e o que acontece realmente.

Experimente treinar sua imaginação com coisas simples do seu dia a dia para criar energia vital. Por exemplo, você pode estar sentado lendo este artigo e pensar em beber um copo d’água.

Crie a imagem da satisfação de beber um copo d’água, imagine a delícia que é beber água quando você está com sede. Neste rápido processo, quanto mais você criar o quadro mental de estar bebendo a água com satisfação, mais você está ensinando o cérebro a produzir energia vital, pois ela é necessária para você se levantar, caminhar até a geladeira ou mesmo interromper a rotina do que está fazendo para beber a água.

Além de importante para o alcance dos nossos objetivos, a energia vital é fundamental para a preservação da saúde e no alcance de longevidade!

O que você fará diferente essa semana para aumentar o seu nível de energia? Quão mais próximo dos seus objetivos você estará?

Veja mais sobre Coaching:saiba mais

Excelência: Estado de Fluxo

Qual o seu Estilo de Aprendizagem

Relaxamento Instantâneo

Seu Plano de Estudo

Impulsionando a sua Memória

Regulou o seu Foco?

Técnicas de Memorização

Conhece o Princípio 10/90?

Confiança e Ansiedade na Aprendizagem

Inteligência se Aprende

6 Dicas para Você Concretizar suas Decisões

imageANA CAROLINA MENDONÇA é Master Coach com certificação Internacional em Coaching Integral Sistêmico, nas especialidades Life e Executive Coaching. Formada em Ciências Contábeis – Universidade de Brasília, com pós-graduação em Controle e Auditoria Públicos. Atuou no Banco Central do Brasil e no Tribunal Superior do Trabalho e desempenha função no Conselho Superior da Justiça do Trabalho.

Coaching para Concursos

Postado em Atualizado em

REGULOU O SEU FOCO?

*por Ana Carolina Mendonça

foco

 Para alcançar objetivos desafiadores em qualquer área de sua vida, um dos elementos-chave é o foco!

 Isso se torna particularmente verdadeiro se a sua meta é passar em uma prova ou concurso público!

 Ter foco em determinada coisa é concentrar esforços e atenção naquilo.

 A todo instante,recebemos uma série de informações do mundo exterior que captamos por meio dos nossos sentidos (visão, olfato, paladar, audição e tato). Essas informações surgem de todos os lados: em casa, no trabalho, no trânsito,em meio às atividades realizadas durante o dia, nos programas de rádio e televisão, na Internet, particularmente pelo e-mail e redes sociais. A essa lista, vale acrescentar as propagandas publicitárias, que com recursos cada vez mais refinados permeiam todos os ambientes.

 Ao processar essas informações, geramos ainda mais informações, em forma de percepções, pensamentos e sentimentos.

 E o que tudo isso tem a ver com a realização da minha meta?

 A grande questão é que se você se dispuser a prestar atenção em tudo o que te rodeia, será impossível dar foco ao que realmente importa e que efetivamente lhe fará atingir seus objetivos.

 Não basta ter um objetivo, é preciso foco. É ele que direcionaa sua atenção. Quanto mais foco sobre o objetivo, menos você se perderá com outros assuntos.

 Imagine-se tirando fotos com uma máquina fotográfica profissional.Se a imagem está sem foco, ela se mostra turva, desforme, não sendo possível reconhecer o objeto ou a paisagem retratada. No entanto, à medida que ajustamos o foco, a imagem torna-se mais clara e evidente; seu o colorido, mais vivo e as linhas ganham definição.

 O mesmo acontece com nossos objetivos. Sem foco, você não sabe, ao certo, onde quer chegar, o objetivo não fica claro. Assim, leva-se muito mais tempo para atingi-lo, se é que o alcança! O caminho longo se torna cansativo, desestimulante, levando muitos a desistir.

 E como você pode dar mais foco ao meu objetivo?

Uma dica é torná-lo o mais claro e específico possível. Você sabe exatamente o que deseja? Suas metas estão detalhadamente descritas?Você consegue visualizar seu objetivo em detalhes?

Se a resposta for negativa a alguma dessas perguntas, procure refletir melhor sobre o seu objetivo e, também, sobre a sua justificativa para fazer dele o seu objetivo. Escreva-o em uma folha de papel e lhe acrescente tantos detalhes quanto for possível.

Outra questão é moldar o seu dia a dia de forma a evitar dispersão da atenção, retirando da sua rotina informações que não te agregam no alcance dos seus objetivos.

Experimente cronometrar o tempo que você passa acessando e-mails, trocando mensagens, acessando a Internet em sites que não estão relacionados ao edital, assistindo televisão ou filmes e outros momentos dispersivos.

Possivelmente você se espante com a quantidade de tempo que você direciona sua atenção a assuntos diversos tirando o foco do seu real objetivo.

Isso não significa que você deva fazer um corte radical e se tornar um extraterrestre, mas é vital que você tenha consciência de quê informações estão ocupando a sua mente.

Manter o foco no objetivo é uma decisão que tomamos todos os dias

para concretizar nossos maiores sonhos!

Veja mais sobre Coaching:

Técnicas de Memorização

Conhece o Princípio 10/90?

Confiança e Ansiedade na Aprendizagem

Inteligência se Aprende

6 Dicas para Você Concretizar suas Decisões

image*ANA CAROLINA MENDONÇA é coach com certificação Internacional em Coaching Integral Sistêmico, nas especialidades Life e Executive Coaching. Formada em Ciências Contábeis – Universidade de Brasília, com pós-graduação em Controle e Auditoria Públicos. Atuou no Banco Central do Brasil e no Tribunal Superior do Trabalho e desempenha função no Conselho Superior da Justiça do Trabalho.

O ANO COMEÇOU E AÍ?

Postado em Atualizado em

6 DICAS PARA CONCRETIZAR SUAS DECISÕES

por Ana Carolina Mendonça*

 

 Como-Direcionar-um-Produto-para-um-Público-Determinado-300x225

 

O ano novo chegou e eu lhe convido a refletir: Que resultados você está colhendo hoje? Como está sua vida neste exato momento? Como estará sua vida neste ano que se inicia? E daqui a cinco anos? A Dez anos? Que decisões você está tomando hoje para realizar seus sonhos?

São suas decisões que moldam a pessoa que você se torna. Elas se repercutem diretamente no seu comportamento, na sua comunicação e nas suas atitudes.

O primeiro passo para compreender que o que você será, terá e construirá amanhã é estar consciente de que os resultados colhidos hoje são fruto das suas decisões anteriores.

O poder da decisão está em suas mãos, mas será que você o conhece e o domina plenamente?

Dica 1: Decisão marca o início – Não demore a vida toda para decidir. Apartir da decisão, entra em movimento uma nova causa, efeito, direção e destinação para a sua vida.

Dica 2: Decisão é ação – Decidir implica agir. Se não há ação, você não decidiu realmente. Dessa forma, no momento da tomada de decisão, já dê o primeiro passo.

Dica 3: Tome decisões com frequência – Quanto mais decisões você toma, melhores elas serão. Como tudo na vida, é a prática leva à perfeição. Desfrute!

Dica 4: Aprenda com suas decisões –Independentemente do resultado atingido, sempre haverá ensinamentos. Se o resultado não foi o desejado, está em suas mãos decidir em se punir ou aprender com os erros e tirar lições que possam lhe auxiliar no futuro.

Dica 5: Busque conhecimento –Muito provavelmente no momento da tomada de decisões você não possui todo o conhecimento necessário para a execução da sua meta. Certamente, outras pessoas poderão lhe auxiliar nessa empreitada, invista em aprender.

Dica 6: Comprometa-se com suas decisões – A conquista está no processo de materializar a decisão, no engajamento e no comprometimento com a mudança. Então, quando você pensar em desistir, lembre-se dos motivos que lhe levaram a começar e siga em frente.

Quanto tempo você levará para iniciar as mudanças que deseja em sua vida? O que te impede agora de tomar aquela decisão que você já vem adiando?

A decisão de hoje revelará amanhã quem você é!

UM FELIZ ANO NOVO!

image*ANA CAROLINA MENDONÇA é coach com certificação Internacional em Coaching Integral Sistêmico, nas especialidades Life e Executive Coaching. Formada em Ciências Contábeis – Universidade de Brasília, com pós-graduação em Controle e Auditoria Públicos. Atuou no Banco Central do Brasil e no Tribunal Superior do Trabalho e desempenha função no Conselho Superior da Justiça do Trabalho.

Coaching para Concursos

Postado em Atualizado em

ENTENDENDO O COACHING

por Ana Carolina Mendonça*

coaching1

Coaching é um processo composto por técnicas, ferramentas e recursos extraídos de diversas ciências e conhecimentos que se complementam para o alcance de metas e objetivos.

O coach (profissional) conduz o processo de forma a, inicialmente, propiciar ao coachee (cliente) compreender sua situação atual bem como projetar sua situação desejada, ou seja, identificar exatamente onde está e aonde se quer chegar. A partir daí, é construído umplano de ação que o conduzirá da posição inicial ao objetivo almejado.

É um processo rápido que produz mudanças positivas e duradouras. O foco do coaching vai além do desenvolvimento das pessoas, pois oferece condições para que elas se autodesenvolvam. O coachassume o papel de ser um catalisador do desenvolvimento do coacheecom o objetivo de encorajá-lo e motivá-lo a maximizar seus resultados,fazendo-o refletir a respeito de diversos aspectos de sua vida, transmitindo capacidades e técnicas comportamentais, psicológicas e emocionais, para que aprimore suas aptidões tanto pessoais quanto profissionais e alcance objetivos previamente estabelecidos.

 Não há nada que seja maior evidência de insanidade do que fazer a

mesma coisa dia após dia e esperar resultados diferentes. (Albert Einstein)

coaching2Mudanças são necessárias para alcançarmos o que desejamos, o coach orienta e conduz a mudança de forma segura e estrutural, levando o coachee a alcançar os resultados almejados. A mudança sem planejamento e segurança compromete todo o sucesso e as metas.

O coaching vem sendo utilizado em diversas áreas de atuação humana, atualmente os principais tipos são:

Life coaching (coaching de vida): objetiva uma melhor qualidade de vida e o próprio desenvolvimento pessoal, com vistas ao equilíbrio emocional, financeiro, familiar, social, espiritual, profissional e intelectual, alinhando valores, missão e propósito de vida do coachee. Durante o processo, ele passa a identificar mais claramente suas crenças limitantes e fortalecedoras, sendo orientado em como eliminar as primeiras e potencializar as últimas, a fim de atingir ganhos tremendos e alcançar plenamente suas metas.

Executive coaching (coaching executivo):voltado para executivos que atuam no ramo público ou privado e que visam o aprimoramento de sua performance e excelência pessoal e nos negócios. O processo focaliza o pilar profissional, de forma a desenvolver competências de liderança, promover ganhos significativos na tomada de decisões, além de gerar equilíbrio emocional e aprimorar os relacionamentos e interações profissionais. O processo identifica e busca conciliar metas, valores, missão e propósito da instituição com asdo coachee, identificando meios de agregar valor.

Coaching para provas e concursos: é específico e direcionado à preparação para concursos públicos, vestibulares, exames de suficiência e provas para titulação de especialidade. Nesse ramo, o coaching é complementado por técnicas de mentoring, uma vez que além da definição de metas claras e a construção de um planejamento de estudos específico e individual, pautado pelas características pessoais de aprendizagem do coachee e o desenvolvimento do equilíbrio emocional que impactará fortemente os resultados finais, serão aprimoradas as técnicas de estudo, com o fim de otimizar o tempo e aperfeiçoar a aprendizagem, e serão definidas estratégias de prova.

“Por que continuar sendo a mesma pessoa de sempre,

se você pode ser alguém muito melhor?” Richard Bandler

———————————————————————————————————-

image*ANA CAROLINA MENDONÇA é coach com certificação Internacional em Coaching Integral Sistêmico, nas especialidades Life e Executive Coaching. Formada em Ciências Contábeis – Universidade de Brasília, com pós-graduação em Controle e Auditoria Públicos. Atuou no Banco Central do Brasil e no Tribunal Superior do Trabalho e desempenha função no Conselho Superior da Justiça do Trabalho.