emoções

Coaching para Concursos

Postado em Atualizado em

*por Ana Carolina Mendonça

Coaching

Furor emocional nos faz superar limites, ir mais além, esquecer a dor, o medo, a fome, o frio e empreender-se deliberadamente na meta a ser atingida.

Evolução do cérebro: tronco cerebral -> centros emocionais (estruturas límbicas) -> Rinencéfalo -> Neocórtex

“O fato de que o cérebro pensante se desenvolveu a partir das emoções muito revela sobre a relação entre pensamento e sentimento.”

Havia um cérebro emocional muito antes de desenvolvermos como Homo sapiens: o rinencéfalo, literalmente o “cérebro do nariz”, visto que suas decisões baseavam-se primordialmente pelas percepções olfativas.

O desenvolvimento do Neocortex vem acompanhado dos triunfos da arte, da civilização e da cultura, com ele, passamos a criar estratégias, pensar a longo prazo. Ele possibilita, inclusive, a sutileza e a complexidade da vida emocional, como a capacidade de ter sentimentos sobre nossos sentimentos.

O que pensar quando pessoa de alto QI malogram ou pessoas de QI modesto se saem surpreendentemente bem?

Existe outra variável nessa equação: A inteligência Emocional

A qual está ligada ao autocontrole, zelo, persistência e automotivação.

Desenvolvimento moral envolve adquirir capacidade de controlar os impulsos, pois ela é a base da força de vontade e do caráter, bem como desenvolver empatia, que se reflete na capacidade de ler emoções nos outros.

Enfatizamos o valor e a importância do puramente racional na vida humana, inclusive criamos mecanismo para medir o QI. No entanto, para nosso bem ou não, a inteligência fica inerte quando as emoções dominam.

Há uma relação muito próxima entre sentimentos e pensamentos. Faz pensar que temos duas mentes: a racional e a emocional.

Ex: término do relacionamento.

O propósito da Inteligência Emocional é levar inteligência à emoção, levar cognição ao campo do sentimento.

Para Daniel Goleman, a Inteligência Emocional é a ação conjunta das inteligências interpessoal, é a capacidade para lidar com os conflitos cotidianos, para manejar suas angústias e suas ansiedades, para se compreender melhor através da observação de seus próprios sentimentos. É a capacidade de se descobrir através dos outros com o quais deseja uma convivência efetiva e a capacidade de agir com serenidade em momentos de pressão.

VEJA MAIS SOBRE COACHING:

O que você precisa saber antes de fazer  Coaching – Parte 1

Tempo: o seu bem mais precioso

Organizar e Aprender

Ana Carolina

*ANA CAROLINA MENDONÇA é uma eterna aprendiz, entusiasta pela mente e capacidades humanas. Master Coach Integral Sistêmico, certificada pela Florida Christian University. Palestrante. Articulista semanal. Contadora, com experiências na Administração Pública em Planejamento Estratégico, Auditoria, Escritório de Processos e Gerência de Projetos. Atualmente aprofunda seus conhecimentos nas áreas da Psicologia e Neurociência.

Contato: anacarolina@coachee.com.br  |  www.coachee.com.br

Anúncios

Coaching para Concursos

Postado em Atualizado em

*por Ana Carolina Mendonça

Coaching

Sentimentos positivos ajudam as pessoas a se acalmar com mais rapidez em situações estressantes. Estudos demonstram que, em geral, pessoas bem-humoradas possuem mais facilidade em usar a criatividade; são flexíveis e abertas a novas experiências.

 E você, é uma pessoa realmente tranquila e bem-humorada?

As pessoas que convivem com você manifestam apreço ao seu senso de humor?

Quanto tempo você leva para se acalmar depois de um fato estressante ou triste?

Você gostaria de ter maior domínio sobre suas emoções e obter melhores resultados?

No Coaching, as emoções positivas não são vistas como obra do acaso ou decorrentes do “destino”, senão que fazem parte das suas escolhas! Você passa a perceber que elas estão ao seu alcance a todo o tempo e podem ser desencadeadas por sua atitude e sua comunicação, independentemente da situação em que você se encontra. É peça chave para gerar mais qualidade de vida!

Experimente, por exemplo, após uma ocasião estressante ou triste, assistir a um vídeo divertido. O seu corpo certamente lhe agradecerá, especialmente seu sistema nervoso autônomo e sua circulação cardiovascular.

Várias outras técnicas, muito mais simples e imediatas, são também capazes de reverter completamente o seu estado de ânimo e elevar a sua capacidade de formular soluções criativas e efetivas para quaisquer situações.

Pessoas em geral bem-humoradas tendem a se deixar levar com mais facilidade numa espiral ascendente, em que o bom humor e o pensamento positivo fortalecem-se mutuamente e resultam em mais qualidade de vida. Essa foi a conclusão do estudo do psicólogo Thomas Joiner, da Universidade do Estado da Flórida.

E o mais interessante é que os sentimentos positivos não modificam apenas o indivíduo. Eles agem de forma contagiosa e influenciam o grupo ao redor. Os sentimentos positivos, bem como as boas ações de um dos componentes do grupo podem gerar emoções positivas a todos. Ninguém perde, todos ganham!

 Coloque mais positividade em sua vida!

E aproveite a sua semana!

VEJA MAIS SOBRE COACHING:

Tempo: o seu bem mais precioso

Organizar e Aprender

Ana Carolina

*ANA CAROLINA MENDONÇA é uma eterna aprendiz, entusiasta pela mente e capacidades humanas. Master Coach Integral Sistêmico, certificada pela Florida Christian University. Palestrante. Articulista semanal. Contadora, com experiências na Administração Pública em Planejamento Estratégico, Auditoria, Escritório de Processos e Gerência de Projetos. Atualmente aprofunda seus conhecimentos nas áreas da Psicologia e Neurociência.

Contato: anacarolina@coachee.com.br  |  www.coachee.com.br

Coaching para Concursos

Postado em Atualizado em

*por Ana Carolina Mendonça

coaching

Sentimentos positivos ajudam as pessoas a se acalmar com mais rapidez em situações estressantes. Estudos demonstram que, em geral, pessoas bem-humoradas possuem mais facilidade em usar a criatividade; são flexíveis e abertas a novas experiências.

 E você, é uma pessoa realmente tranquila e bem-humorada?

As pessoas que convivem com você manifestam apreço ao seu senso de humor?

Quanto tempo você leva para se acalmar depois de um fato estressante ou triste?

Você gostaria de ter maior domínio sobre suas emoções e obter melhores resultados?

No Coaching, as emoções positivas não são vistas como obra do acaso ou decorrentes do “destino”, senão que fazem parte das suas escolhas! Você passa a perceber que elas estão ao seu alcance a todo o tempo e podem ser desencadeadas por sua atitude e sua comunicação, independentemente da situação em que você se encontra. É peça chave para gerar mais qualidade de vida!

Experimente, por exemplo, após uma ocasião estressante ou triste, assistir a um vídeo divertido. O seu corpo certamente lhe agradecerá, especialmente seu sistema nervoso autônomo e sua circulação cardiovascular.

Várias outras técnicas, muito mais simples e imediatas, são também capazes de reverter completamente o seu estado de ânimo e elevar a sua capacidade de formular soluções criativas e efetivas para quaisquer situações.

Pessoas em geral bem-humoradas tendem a se deixar levar com mais facilidade numa espiral ascendente, em que o bom humor e o pensamento positivo fortalecem-se mutuamente e resultam em mais qualidade de vida. Essa foi a conclusão do estudo do psicólogo Thomas Joiner, da Universidade do Estado da Flórida.

E o mais interessante é que os sentimentos positivos não modificam apenas o indivíduo. Eles agem de forma contagiosa e influenciam o grupo ao redor. Os sentimentos positivos, bem como as boas ações de um dos componentes do grupo podem gerar emoções positivas a todos. Ninguém perde, todos ganham!

 Coloque mais positividade em sua vida!

E aproveite a sua semana!

foto_pose_5ANA CAROLINA MENDONÇA é Master Coach com certificação nas especialidades Life e Executive Coaching, pela Federação Brasileira de Coaching Integral Sistêmico, em parceria com a Florida Christian University. Palestrante e Articulista Semanal em Coaching. Servidora pública com atuações no Banco Central do Brasil, no Tribunal Superior do Trabalho e no Conselho Superior da Justiça do Trabalho e com experiências em Planejamento Estratégico, Escritório de Processos e Gerência de Projetos.

Contato: (61) 8413-8543 –

anacarolina@coachee.com.br  // www.coachee.com.br

**O Coaching é uma metodologia que permite você compreender melhor a sua situação atual, definir exatamente onde você quer chegar e projetar ações efetivas para alcançar os seus objetivos! Conheça mais e se surpreenda com os seus próprios resultados!!

Veja mais sobre Coaching:

Dicas para evitar o Estresse

Seu Projeto Possui Certificado de Qualidade?

Juntos na Caminhada

Deixar o emprego para estudar é uma boa ideia?saiba mais

Siga em frente!

A Copa das Copas

Faça da Música sua Aliada

Sempre Avante

Tempo: o seu bem mais precioso

Organizar e Aprender

Segredos do Sono Reparador

Quantas Horas Estudar?

Acompanhe, curta e compartilhe

Washington Luís Batista Barbosa

http://www.washingtonbarbosa.com

http://www.facebook.com/washingtonbarbosa.professor

Coaching para Concursos

Postado em Atualizado em

Por Ana Carolina Mendonça

 

O seu cérebro se molda a partir dos estímulos que recebe.

O que você faz, pensa e sente determina como será o seu cérebro. Isso se deve a uma importante característica desse misterioso órgão do corpo humano: a plasticidade.

Se, por exemplo, você começar hoje atocar violão e praticar diariamente; em algum tempo seu cérebro dominará essa habilidade. Em uma pessoa que toca violão, as áreas no seu cérebro referentes a coordenação dos dedos e ao ouvido musical são mais desenvolvidas do que as de uma pessoa que não toca um instrumento musical.

Da mesma forma, se você parar de tocar violão, as áreas que foram desenvolvidas deixam de receber estímulos, gerando um retrocesso naquela habilidade, similar à atrofia muscular.

Visto de outro modo, se, por acaso, você possui a “habilidade” de pensar de forma negativa e de reclamar de tudo, saiba que seu cérebro se desenvolveu para isso. Se você deseja mudar esse comportamento, precisará de bastante força de vontade e determinação.

“Esquecer” uma habilidade é desafiador, embora não seja impossível. Para isso, a melhor técnica é a repetição diária: executar os hábitos novos, mesmo que não esteja sentindo vontade; e deixar de executar os antigos, mesmo que esteja com muita vontade de fazê-los.

Aos poucos você constrói uma nova forma de pensar e de ver o mundo!

Fique atento! O seu cérebro aplica essa plasticidade a tudo,desde a reabilitação após uma lesão, passando por adaptações a novos ambientes até determinar o comportamento e as reações de uma pessoa.

Por um instante, lembre-se da última vez em que realmente sentiu raiva de algo ou de alguém. Por breves instantes, volte à cena e reflita: Como você estava se sentindo? Quais pensamentos lhe vieram à mente? O que você pensou em fazer? Quanto tempo levou para passar a raiva?

Nesse exemplo da sua vida, você consegue perceber o quanto a sua mente trabalhou para manter e aumentar a sua raiva?

Quando uma pessoa mantém pensamentos fixos (sejam eles positivos ou negativos) todo o corpo e, inclusive, a mente se prepara para transformar aquele pensamento/sentimento em ação.

No exemplo da raiva, pensamentos e memórias vêm à tona reforçando a raiva e enfraquecendo tudo o que contrapõem a esta raiva, ou seja, a mente da pessoa se inunda de recordações negativas e se esquece das lembranças positivas. De fato, sentir raiva intensifica as sinapses neurais que geram a raiva e enfraquecem as sinapses neurais relacionadas à paz, à harmonia e ao entendimento.

Por meio desse mecanismo, doenças e sofrimentos são criados ou estimulados. Mas, da mesma forma, se a pessoa estiver orientada a pensamentos/sentimentos positivos e proativos poderá promover saúde, bem-estar, amor e felicidade em sua vida.

Tudo isso se deve à plasticidade do seu cérebro!

O que você pretende reforçar na sua vida? O que você pretende construir?

Pense bem nasescolhas que tem tomado!

Ótima semana!

 

foto_pose_5ANA CAROLINA MENDONÇA é Master Coach com certificação nas especialidades Life e Executive Coaching, pela Federação Brasileira de Coaching Integral Sistêmico, em parceria com a Florida Christian University. Palestrante e Articulista Semanal em Coaching. Servidora pública com atuações no Banco Central do Brasil, no Tribunal Superior do Trabalho e no Conselho Superior da Justiça do Trabalho e com experiências em Planejamento Estratégico, Escritório de Processos e Gerência de Projetos.

Contato: (61) 8413-8543 – anacarolina@coachee.com.br  //  www.coachee.com.br

Veja mais sobre Coaching:

Dicas para evitar o Estresse

Seu Projeto Possui Certificado de Qualidade?

Juntos na Caminhada

Deixar o emprego para estudar é uma boa ideia?

Siga em frente!

A Copa das Copas

Faça da Música sua Aliada

Sempre Avante

Tempo: o seu bem mais precioso

Organizar e Aprender

Segredos do Sono Reparador

Quantas Horas Estudar?

O Domínio da Matériasaiba mais

Interesse pela Leitura

Você: Aliado ou Inimigo

Construir a Aprovação

Ensine seu cérebro a produzir energia e não a disperdiçá-la

Excelência: Estado de Fluxo

Qual o seu Estilo de Aprendizagem

Relaxamento Instantâneo

Seu Plano de Estudo

Impulsionando a sua Memória

Regulou o seu Foco?

Técnicas de Memorização

Conhece o Princípio 10/90?

Confiança e Ansiedade na Aprendizagem

Inteligência se Aprende

Acompanhe, curta e compartilhe

Washington Luís Batista Barbosa

http://www.washingtonbarbosa.com

http://www.facebook.com/washingtonbarbosa.professor

Coaching para Concursos

Postado em

VOCÊ: ALIADO OU INIMIGO?

* por Ana Carolina Mendonça

Estudar é um martírio ou uma oportunidade? É um momento de sacrifício ou de autoconhecimento? Ao estudar, você se sente o seu aliado ou o seu inimigo?

 

 bem, mal04

Na jornada para a aprovação em provas e concursos públicos algumas pessoas funcionam como seus próprios aliados; porém, outras, como verdadeiros inimigos.

 Muitas das vezes o candidato nem percebe que está se comportando como seu inimigo, quando não busca o autoconhecimento e o autocontrole.

 Conhece-te a ti mesmo e conhecerás o universo e os deuses. Sócrates.

 O autoconhecimento no mundo dos concursos está bastante relacionado a perceber seus verdadeiros limites, seus pontos fracos e fortes e, mais ainda, saber utilizá-los a favor da aprendizagem e da aprovação.

 Quanto ao autocontrole, desenvolvê-lo coloca o indivíduo no centro da sua vida e das suas decisões, ele passa a possuir as rédeas de seus pensamentos e vontades, e consegue direcionar o seu foco para alcançar seus objetivos.

 É possível potencializar enormemente o rendimento nos estudos, como também na resolução de provas e concursos a partir do autoconhecimento e do autocontrole, que são duas bases do Coaching para Concursos. Não obstante o tema ser vasto, apresento, a seguir, algumas dicas e informações úteis relacionadas ao mundo dos concursos.

 Uma dica é buscar compreender as horas do dia em que a sua mente é mais produtiva e dinâmica, bem como aquelas em que o nível de atenção costuma diminuir. A partir disso, você distribui as atividades do dia, priorizando o estudo das disciplinas mais complexas para os momentos de maior produtividade e concentração, enquanto que, naqueles momentos em que a sua mente costuma estar mais dispersa, realizar atividades que não exigem concentração prolongada, como por exemplo, exercícios de fixação, revisão de matéria estudada, entre outras.

 Organizar a planilha de estudos de forma a aproveitar o tempo com sabedoria fazem “as horas do dia se multiplicar”. O aluno sente que aprendeu mais, que aproveitou melhor seu tempo e isso, além de ser importante para a aprendizagem em si, também é muito positivo para o aprimoramento do autocontrole na hora da prova.  A pessoa se sente mais imersa no processo de preparação para o concurso e mais próxima de seu objetivo.

 Em decorrência desse autoconhecimento, o candidato evita desperdiçar horários altamente produtivos com atividades básicas, senão que aproveitar esses momentos para ultrapassar pontos do edital mais complexos e que exigem maior atenção; ao mesmo tempo, permite um melhor aproveitamento daqueles pequenos intervalos entre uma atividade e outra, momentos que podem ser muito bem aproveitados para a realização de exercícios e revisões.

 Um bom planejamento dos estudos engloba um propósito bem definido, um plano sequenciado e inteligente que se adapte às peculiaridades do aluno e, ainda, a realização de atividades para gerenciamento dos pensamentos e das emoções.

 Com o desafio cada vez maior de passar no almejado concurso público, o autoconhecimento e o autocontrole passam a ser partes ativas do processo de aprendizagem, impactando diretamente na identidade e autoconfiança do candidato e no seu rendimento em prova.

Veja mais sobre Coaching:saiba mais

Construir a Aprovação

Ensine seu cérebro a produzir energia e não a disperdiçá-la

Excelência: Estado de Fluxo

Qual o seu Estilo de Aprendizagem

Relaxamento Instantâneo

Seu Plano de Estudo

Impulsionando a sua Memória

Regulou o seu Foco?

Técnicas de Memorização

Conhece o Princípio 10/90?

Confiança e Ansiedade na Aprendizagem

Inteligência se Aprende

6 Dicas para Você Concretizar suas Decisões

image

ANA CAROLINA MENDONÇA é Master Coach com certificação Internacional em Coaching Integral Sistêmico, nas especialidades Life e Executive Coaching. Formada em Ciências Contábeis – Universidade de Brasília, com pós-graduação em Controle e Auditoria Públicos. Atuou no Banco Central do Brasil e no Tribunal Superior do Trabalho e desempenha função no Conselho Superior da Justiça do Trabalho.

Contato: (61) 8413-8543 – anacarolina@coachee.com.br