EDITAL

Concurso Polícia Federal

Postado em Atualizado em

Por Washington Barbosa

PF

Atenção Concurseiros:  Está em fase de análise, no MPOG – Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, o processo no qual a PF –  Polícia Federal – solicita verba para o preenchimento das 558 vagas (todas de nível superior), sendo 67 para o cargo de perito 491 para delegado.  O provimento dessas vagas está previsto no novo concurso da Instituição. O Órgão pretende abrir a seleção o mais rápido possível, o que dependendo da agilidade do Ministério em analisar a requisição, poderá ocorrer ainda este ano.

Espera-se que a análise do processo seja realizada o mais rápido possível, visto que desde o fim de outubro de 2014, com a edição do Decreto 8.326, a PF deixou de precisar da autorização do MPOG para abrir concursos da área policial, necessitando apenas da confirmação de disponibilidade orçamentária para a nomeação dos aprovados. Agora, para convocar novos concursos, departamento precisa somente que 5% dos cargos do respectivo cargo estejam ociosos ou que haja determinação do ministro da Justiça, conforme a necessidade.

O mesmo Decreto instituiu, também, a necessidade de experiência mínima de três anos em atividade jurídica ou policial para o ingresso no cargo de delegado. Além do novo requisito, é necessário possuir o bacharelado em Direito e a carteira de habilitação, na categoria B ou superior. Para perito, a formação superior exigida varia conforme a área de atuação. No total são 18 áreas, mas ainda não houve definição quais delas terão vagas neste novo certame. Também é preciso possuir a carteira de habilitação. A remuneração inicial oferecida para ambos os cargos é de R$17.203,85 (dezessete mil, duzentos e três reais e oitenta e cinco centavos), já incluindo o auxílio-alimentação, de R$373,00 (trezentos e setenta e três reais).

Vale lembrar que a última seleção para esses cargos ocorreu em 2012, organizada pelo Cespe/UnB. Para delegado, no conteúdo das provas constou os direitos Constitucional, Penal, Administrativo, Civil, Processual Penal, Processual Civil, Financeiro e Tributário, Previdenciário,  Internacional Público, Empresarial, além de Criminologia. Além das provas escritas (objetiva e discursiva), o concurso prevê ainda avaliações física, de títulos, médica, psicológica e prova oral (apenas delegado) além do curso de formação profissional.

VEJA TAMBÉM:

Concursos 2015

MPOG 2015

MTE 2015

Ministério da Fazenda 2015

FUNAI – 2015

Ministério da Justiça – 2015

Concurso TJDFT – 2015

Notícia AGU 2015

Acompanhe, curta e compartilhe

Washington Luís Batista Barbosa

http://www.washingtonbarbosa.com

http://www.facebook.com/washingtonbarbosa.professor

Anúncios

Notícia

Postado em Atualizado em

Por Washington Barbosa

AGUMEU

A Advocacia Geral da União (AGU) oficializou, hoje, a banca examinadora de seu concurso público para provimento de 22 (vinte e duas) vagas para o cargo de advogado da união. Com a publicação, nesta segunda-feira, dia 1º de junho, no Diário Oficial da União, da dispensa de licitação, a organização do concurso público ficará a cargo do Cespe/UnB . O cronograma deve ser fechado nos próximos dias, a previsão é de que a publicação do edital ocorra ainda em junho.

DOU

Vale lembrar que a Advocacia Geral da União ainda aguarda resposta do pedido de 332 (trezentas e trinta e duas vagas) realizado ao Ministério de Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG). A Comissão para a realização desse novo concurso foi instituída no dia 12 de março, pelo Advogado Geral da União, Ministro Luís Inácio Adams, para suprir as necessidades mais prementes, independente da autorização.

VEJA TAMBÉM:

Concursos 2015

MPOG 2015

MTE 2015

Ministério da Fazenda 2015

FUNAI – 2015

Ministério da Justiça – 2015

Concurso TJDFT – 2015

Notícia AGU 2015

wasWASHINGTON LUÍS BATISTA BARBOSA é especialista em Direito Público e em Direito do Trabalho, MBA Marketing e MBA Formação para Altos Executivos;

Desempenhou várias funções na carreira pública e privada, dentre as quais: Assessoria Jurídica da Diretoria Geral e Assessoria Técnica da Secretaria Geral da Presidência do Tribunal Superior do Trabalho, Diretor Fiscal da Procuradoria Geral do Governo do Distrito Federal, Cargos de Alta Administração no Conglomerado Banco do Brasil.

Coordenador de Cursos Jurídicos de pós-graduação e preparatórios para concursos públicos. Autor de vários artigos publicados em revistas especializadas. Editor dos blogs washingtonbarbosa.com, tw/wbbarbosa, e fb/washingtonbarbosa.professor

Edital da DPU

Postado em Atualizado em

dpu

Confira o edital da Defensoria Pública da União – níveis médio e superior

EDITAL COMPLETO

  • Banca organizadora: Cespe/UnB
  • Cargos: Analista e Agente Administrativo
  • Escolaridade: nível médio e superior
  • Número de vagas: 143 + CR
  • Remuneração:  de R$ 5.266,18 a R$ 3.817,98;
  • Período de inscrições: de 22 de abril até 11 de maio de 2015
  • Valor da taxa:  R$ 70,00 ou R$ 100
  • Data da prova objetiva: 21 de junho de 2015

O concurso contará apenas com provas objetivas de conhecimentos básicos e específicos previstas para 21 de junho, sendo pela manhã para nível superior  e à tarde médio. Candidatos de nível superior terão que resolver 150 questões do tipo certo ou errado, enquanto os de nível médio apenas 120.

O conteúdo programático para nível superior Analista Técnico Administrativo: Constitucional, Administrativo,  Processo Civil, Penal, Processo Penal, Penal Militar e Processo Penal Militar e Previdenciário. Sem falar nos conteúdos básicos

Concurso TCE/CE

Postado em Atualizado em

Por Washington Barbosa

TCECE

Meu querido aluno, minha querida aluna, segue uma boa notícia para vocês: O TCE/CE – Tribunal de Contas do Estado do Ceará – divulgou edital para cargos de níveis superior e médio. No total são oferecidas de 48 vagas, distribuídas pelas funções de técnico de controle externo (10), de nível médio, analista de controle externo (36), conselheiro substituto/auditor (1) e procurador de contas (1), todos de nível superior. As remunerações são de R$ 6.310,92 para técnico, R$ 8.015,23 para analista, R$ 28.947,55 para conselheiro substituto/auditor e de R$ 30.471,11 para procurador de contas. O concurso terá validade de um ano, prorrogável por mais um.

As inscrições se inciam hoje, dia 13, pelo site da banca organizadora, Fundação Carlos Chagas e poderão ser realizadas até o dia 15 de maio. As taxas de inscrição serão de R$ 95 para técnico, R$ 145 para analista e R$ 300 para conselheiro e procurador.

Para o cargo de técnico de controle externo, serão aplicadas apenas provas objetivas. Para analista de controle externo, além das provas objetivas, serão realizadas avaliações discursivas e de títulos. E os candidatos aos cargos de conselheiro substituto (auditor) e procurador de contas passarão, além de todas as etapas mencionadas, por prova oral.

A prova objetiva está prevista para ser realizada no dia 28/06/2015.

ATÉ A SUA CERIMÔNIA DE POSSE!

Veja também:

Concursos 2015

Ministério da Justiça – 2015

Concurso TJDFT – 2015

Notícia AGU 2015

wasWASHINGTON LUÍS BATISTA BARBOSA é especialista em Direito Público e em Direito do Trabalho, MBA Marketing e MBA Formação para Altos Executivos;

Desempenhou várias funções na carreira pública e privada, dentre as quais: Assessoria Jurídica da Diretoria Geral e Assessoria Técnica da Secretaria Geral da Presidência do Tribunal Superior do Trabalho, Diretor Fiscal da Procuradoria Geral do Governo do Distrito Federal, Cargos de Alta Administração no Conglomerado Banco do Brasil.

Coordenador de Cursos Jurídicos de pós-graduação e preparatórios para concursos públicos

Editor dos blogs www.washingtonbarbosa.comwww.twitter.com/wbbarbosa, e https://www.facebook.com/washingtonbarbosa.professor

Autor de vários artigos publicados em revistas especializadas.

Retificação do Edital – PCDF

Postado em Atualizado em

Por Washington Barbosa

PCDF

Meu querido aluno, minha querida aluna, como é de conhecimento de todos nós houve uma alteração na Lei que versa sobre a carreira de Delegado de Polícia, publicada no DOU do dia 3 de dezembro de 2014, com isso houve novas exigências para os candidatos que almejam ao cargo de Delegado de Polícia, conforme o § 1º: O ingresso na Carreira de Delegado de Polícia do Distrito Federal dar-se-á mediante concurso público de provas e títulos, com a participação da Ordem dos Advogados do Brasil, exigindo-se diploma de Bacharel em Direito e, no mínimo, 3 (três) anos de atividade jurídica ou policial, comprovados no ato da posse.

Quem está estudando para o concurso da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), especificamente para o cargo de delegado, sabe que no edital de abertura não houve nenhuma indicação do que seria considerado como atividade jurídica ou policial.

Há questionamentos, por parte dos interessados em realizar o certame, no sentido de obter esses esclarecimentos. E no processo nº 498/2015-e, o Tribunal de Contas do DF decidiu, unanimemente, que a PCDF deve, novamente, promover a retificação do edital de seu concurso público, a fim de promover a especificação do que será considerado como prática jurídica e atividade policial para fins de cumprimento do requisito previsto na abertura de seu concurso público. O Tribunal também determinou que seja retirada a exigência de experiência profissional para fins de pontuação na prova de títulos.

Essas decisões já foram remetidas à Polícia Civil do Distrito Federal a fim que sejam retificadas essas informações. O prazo estabelecido à corporação é de 5 (cinco) dias úteis, portanto, essa semana teremos mais novidades sobre esse certame.

Veja Também:

Análise do edital para Delegado Civil do DF:

Parte I

Parte II

Parte III

Parte IV

Parte V

Prática Jurídica para Delegado Civil

PCDF Perito Criminal

was

* WASHINGTON LUÍS BATISTA BARBOSA é especialista em Direito Público e em Direito do Trabalho, MBA MarketingMBA Formação para Altos Executivos;

Desempenhou várias funções na carreira pública e privada, dentre as quais: Assessoria Jurídica da Diretoria Geral e Assessoria Técnica da Secretaria Geral da Presidência do Tribunal Superior do Trabalho, Diretor Fiscal da Procuradoria Geral do Governo do Distrito Federal, Cargos de Alta Administração no Conglomerado Banco do Brasil.

Coordenador dos Cursos Jurídicos preparatórios para concursos públicos e de pós-graduação.

Editor dos blogs www.washingtonbarbosa.com,

www.twitter.com/wbbarbosa, www.facebook.com/washingtonbarbosa.professor

Autor de vários artigos publicados em revistas especializadas

Ministério da Justiça – Concurso 2015

Postado em Atualizado em

Por Washington Barbosa

MJ

Meu querido aluno, minha querida aluna. Tenho a satisfação de compartilhar com vocês mais uma boa notícia:

O Ministério da Justiça divulgou a definição da banca organizadora de seu novo certame: a Funcab – Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt. Trata-se de um processo seletivo simplificado para o provimento de 14 vagas, todas destinadas a exercerem suas atribuições no Sinesp – Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública, Prisional e sobre Drogas. Trata-se de um portal de informações integradas, que conta com a participação dos entes federados, que viabiliza consultas investigativas, estratégicas, operacionais, e estatísticas, associadas a justiça criminal, segurança pública, drogas e sistema prisional. Este sistema tem como objetivo prover um banco de dados que exponha o raio x da criminalidade, auxilie a integração nacional de informações de forma uniformizadas e possibilite a formulação e avaliação de políticas de segurança pública.

Os convocados assumirão o gerenciamento das atividades inerentes ao projeto para desenvolvimento de soluções tecnológicas para o sistema, efetuando o acompanhamento contínuo  de suas etapas, cumprimento das definições de negócio, homologações, validação de definições técnicas, requisitos,  acompanhamento das definições das estruturas de dados, ambientes de banco de dados e da arquitetura do software utilizada para implementar as funcionalidades especificadas do sistema, baseando-se nas diretrizes tecnológicas e metodologia adotada pelo Ministério.

Os candidatos deverão possuir nível superior em qualquer área de formação, atuação e experiência de cinco anos nos setores relacionados à gestão de projetos, ou experiência  em tecnologia da informação, ou ainda título de mestre ou doutorado em áreas relacionadas às atividades a serem desenvolvidas.

Os contratos terão a duração de um ano, com possibilidade de prorrogação de até cinco anos. Ficará a cargo do Ministério da Justiça definir a remuneração dos candidatos que serão contratados.

ATÉ A SUA CERIMÔNIA DE POSSE!

Veja também:

Edital do TJDF sairá até março

Concurso MPU 2015

Traduzindo o Edital CNMP

O CNMP na Constituição

 

wasWASHINGTON LUÍS BATISTA BARBOSA é especialista em Direito Público e em Direito do Trabalho, MBA Marketing e MBA Formação para Altos Executivos;

Desempenhou várias funções na carreira pública e privada, dentre as quais: Assessoria Jurídica da Diretoria Geral e Assessoria Técnica da Secretaria Geral da Presidência do Tribunal Superior do Trabalho, Diretor Fiscal da Procuradoria Geral do Governo do Distrito Federal, Cargos de Alta Administração no Conglomerado Banco do Brasil.

Coordenador de Cursos Jurídicos de pós-graduação e preparatórios para concursos públicos

Editor dos blogs www.washingtonbarbosa.comwww.twitter.com/wbbarbosa, e https://www.facebook.com/washingtonbarbosa.professor

Autor de vários artigos publicados em revistas especializadas.

Concurso TJDFT 2015

Postado em Atualizado em

Por Washington Barbosa

PEG TJDFT

A semana começa com uma ótima notícia para você meu querido aluno, minha querida aluna: O TJDFT – Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios – confirmou a realização de seu próximo concurso para técnicos e analistas. A expectativa é que o edital seja publicado até março (2015).

Com a sanção e publicação, no Diário Oficial da União do dia 23 de dezembro, da Lei 13.057 de 2014, que instituiu 355 novos cargos efetivos, o novo concurso público para o preenchimento dessas vagas se faz iminente. A previsão é que sejam ofertadas 40 vagas para analista processual, 173 vagas para técnico e 142 vagas para oficial de justiça.

A confirmação do concurso foi publicada na Ata da 17ª sessão do Tribunal Pleno, no site oficial do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios, conforme se lê:

Ata1

Para o cargo de analista há vagas destinadas aos candidatos com nível superior, formação em direito, com salário inicial estimado em R$ 11.305,54 (onze mil, trezentos e cinco reais e cinquenta e quatro centavos) e para outras vagas de nível superior, em qualquer área de formação, o salário inicial é de R$ 8.178,06 (oito mil, cento e setenta e oito reais e seis centavos).

Já para o cargo de técnico os candidatos devem possuir ensino médio completo e 0 salarial inicial é de R$ 5.007,82 (Cinco mil, sete reais e oitenta e dois centavos).

Vale lembrar que estamos falando de um concurso muito aguardado e com muitos candidatos interessados a realizar o certame. No último concurso, realizado pelo CESPE em 2013, a concorrência média registada foi de 792,58 candidatos por vaga. Portanto, meu querido aluno e minha querida aluna, acompanhe as dicas de conteúdo que compartilho com vocês, mantenha-se firme em seu objetivo e prepare-se com antecedência. Bons estudos!

ATÉ A SUA CERIMÔNIA DE POSSE!

 

Veja também:

TJDFT – 580 Novos Cargos e Funções

Estratégias para Estudar para o TJDFT

Traduzindo o Edital CNMP

O CNMP na Constituição

 

wasWASHINGTON LUÍS BATISTA BARBOSA é especialista em Direito Público e em Direito do Trabalho, MBA Marketing e MBA Formação para Altos Executivos;

Desempenhou várias funções na carreira pública e privada, dentre as quais: Assessoria Jurídica da Diretoria Geral e Assessoria Técnica da Secretaria Geral da Presidência do Tribunal Superior do Trabalho, Diretor Fiscal da Procuradoria Geral do Governo do Distrito Federal, Cargos de Alta Administração no Conglomerado Banco do Brasil.

Coordenador de Cursos Jurídicos de pós-graduação e preparatórios para concursos públicos

Editor dos blogs www.washingtonbarbosa.comwww.twitter.com/wbbarbosa, e https://www.facebook.com/washingtonbarbosa.professor

Autor de vários artigos publicados em revistas especializadas