Concurso TJDFT

TJDFT

Postado em Atualizado em

TJDFT1

Sancionada criação de 580 cargos e funções no TJDFT

A presidente Dilma Rousseff sancionou proposta que autoriza a criação de 580 novos cargos (entre efetivos e comissionados) e funções no Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT). Publicada no Diário Oficial da União na última terça-feira (23), a Lei 13.057/14 prevê também a instalação de mais 18 varas em circunscrições judiciárias de centros urbanos que integram o Distrito Federal, exceto Brasília.

O projeto (PL 7722/14) que deu origem à lei foi enviado ao Congresso pelo próprio TJDFT e aprovado pela Câmara em outubro. A matéria foi aprovada pelo Plenário do Senado em 26 de novembro.

Das novas vagas, 355 correspondem a cargos efetivos, a serem preenchidos mediante concurso público, enquanto 25 são cargos comissionados, de livre nomeação. Outros 200 postos são funções comissionadas, atribuições especiais que só podem ser desempenhadas por servidor efetivo, mediante gratificação especial.

Orçamento
Para que as novas vagas e funções sejam criadas, haverá necessidade de autorização específica na Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2015, com crédito dentro da dotação destinada ao TJDFT. O relatório fina da LOA já passou pela Comissão Mista de Orçamento, mas só será votado em sessão do Congresso em fevereiro, já na nova legislatura.

Pelo menos 464 dos novos cargos e funções serão destinados à provisão das novas varas, quatro já implantadas, nas regiões administrativas de Recanto das Emas, Águas Claras, Guará e Itapoã. Os demais serão distribuídos entre as varas já existentes.

Veja também:

Estratégias para Estudar para o TJDFT

Traduzindo o Edital CNMP

O CNMP na Constituição

A Análise do Edital DPU (Parte I)

A Análise do Edital para Delegado PC/DF (Parte I)

A Análise do Edital para Delegado PC/DF (Parte II)

A Análise do Edital para Delegado PC/DF (Parte III)

A Análise do Edital para Delegado PC/DF (Parte IV)

A Análise do Edital para Delegado PC/DF (Parte V)

wasWASHINGTON LUÍS BATISTA BARBOSA é especialista em Direito Público e em Direito do Trabalho, MBA Marketing e MBA Formação para Altos Executivos;

Desempenhou várias funções na carreira pública e privada, dentre as quais: Assessoria Jurídica da Diretoria Geral e Assessoria Técnica da Secretaria Geral da Presidência do Tribunal Superior do Trabalho, Diretor Fiscal da Procuradoria Geral do Governo do Distrito Federal, Cargos de Alta Administração no Conglomerado Banco do Brasil.

Coordenador de Cursos Jurídicos de pós-graduação e preparatórios para concursos públicos

Editor dos blogs www.washingtonbarbosa.comwww.twitter.com/wbbarbosa, e https://www.facebook.com/washingtonbarbosa.professor

Autor de vários artigos publicados em revistas especializadas.

EDITAL TJDFT 2013

Postado em Atualizado em

SAIU O EDITAL DO TJDFT

 

TJDFT_-_Cool_Lite

EDITAL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DISTRITO FEDERAL E TERRITORIOS – 2013

Por Washigton Barbosa*

 

CONCURSO PÚBLICO PARA  FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA EM CARGOS DE ANALISTA JUDICIÁRIO E TÉCNICO JUDICIÁRIO

INFORMAÇÕES FUNDAMENTAIS

 

BANCA EXAMINADORA: CESPE/UNB

 

VALIDADE DO CONCURSO: O prazo de validade do concurso será de até 1 ano, contados a partir da data de publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período.

INSCRIÇÃO:

 

ü  A taxa de inscrição será de R$ 90,00 para os cargos de Nível Superior e R$ 60,00 para os cargos de Nível Médio.

ü  As inscrições podem ser realizadas das 10h00min do dia 25/01/13 às 23h59min do dia 13/02/13

VIA INTERNET pelo endereço eletrônico http://www.cespe.unb.br/concursos/TJDFT_13 )

DOS CARGOS

NÍVEL SUPERIOR:

–        Cargo: ANALISTA JUDICIÁRIO

Remuneração: R$ 7.566,41 (sete mil, quinhentos e sessenta e seis reais e quarenta um centavos)

ÁREAS:

ÁREA REQUISITO VAGAS

GERALPNETOTAL JUDICIÁRIABACHAREL EM DIREITO14115ESPECIALIDADE OFICIAL DE JUSTIÇA AVALIADORBACHAREL EM DIREITO516    MEDICINAGRADUAÇÃO EM MEDICINA  – RAMO PSIQUIATRIA202

–        Cargo: TÉCNICO JUDICIÁRIO

Remuneração: R$ 4.052,96

ÁREAS:

ADMINISTRATIVA ENSINO MÉDIO OU CURSO TÉCNICO EQUIVALENTE 82 5 87

DO REGIME JURÍDICO:  Os candidatos que ingressarem nos quadros de pessoal

do TRT serão regidos pelo Regime Jurídico Único, conforme dispõe a Lei n.º 8.112, de 11 de dezembro de 1990.

DA JORNADA DE TRABALHO: 40 (quarenta) horas semanais.

DOS CANDIDATOS PORTADORES DE DEFICIÊNCIA

Do total de vagas destinadas para cada cargo, 5% (cinco por cento) serão providas na forma do art. 5.º, § 2.º, da Lei n.º 8.112, de 11 de dezembro de 1990

DAS AVALIAÇÕES:

 

 

NÍVEL SUPERIOR – ANALISTA JUDICIÁRIO

PROVA/

TI PO

ÁREA DE CONHECIMENTO

NÚMEROS DE ITENS

(P1) Objetiva

Conhecimentos Básicos

40

(P2) Objetiva

Conhecimentos Específicos

80

(P3) Discursiva

Dissertação

NÍVEL MÉDIO  – TÉCNICO JUDICIÁRIO

PROVA/

TI PO

ÁREA DE CONHECIMENTO

NÚMEROS DE ITENS

(P1) Objetiva

Conhecimentos Gerais

50

(P2) Objetiva

Conhecimentos Específicos

70

(P3) Discursiva

Dissertação

ü  A Prova será composta por questões para julgamento, devendo ser marcado se o item está CERTO ou ERRADO.

ü  Será atribuído um ponto POSITIVO para a questão marcada de acordo com o gabarito e um ponto NEGATIVO para a questão marcada em desacordo.

ü  UMA MARCAÇÃO ERRADA ANULA UMA MARCAÇÃO CORRETA

ü  Para os cargos de NÍVEL SUPERIOR será eliminado o candidato que não alcançar:

ü  8 pontos na prova objetiva Conhecimentos Básicos

ü  24 pontos na prova de Conhecimentos Específicos

ü  36 pontos no conjunto das duas provas (BÁSICOS + ESPECÍFICOS)

ü  Para os cargos de Nível Médio será eliminado o candidato que não alcançar:

ü  10 pontos na prova objetiva Conhecimentos Básicos

ü  21 pontos na prova de Conhecimentos Específicos

ü  36 pontos no conjunto das duas provas (BÁSICOS + ESPECÍFICOS)

ü  Somente serão corrigidas as provas discursivas dos candidatos habilitados e mais bem classificados nas provas objetivas, no limite estabelecido abaixo, mais os empates da última posição

ANALISTA JUDICÍARIO

ÁREA

JUDICIÁRIA BACHAREL EM DIREITO 1.300ª
JUDICIÁRIA – ESPECIALIDADE OFICIAL DE JUSTIÇA AVALIADOR FEDERAL BACHAREL EM DIREITO 200ª
MEDICINA – RAMO PSIQUIATRIA GRADUAÇÃO EM MEDICINA RAMO PSIQUIATRIA 30ª

TÉCNICO JUDICIÁRIO

ÁREA ADMINISTRATIVA NÍVEL MÉDIO 1.800ª

DOS LOCAIS DE PROVAS:

Os locais e os horários de aplicação da prova objetiva serão divulgados no endereço eletrônico http://www.cespe.unb.br/concursos/TJDFT_13 .

DA REALIZAÇÃO DAS PROVAS:

NÍVEL SUPERIOR E MÉDIO:

A aplicação das Provas de Nível Superior e Médio terá a duração de 4 (quatro ) horas e 30 (trinta) minutos.

AS PROVAS DE NÍVEL SUPERIOR E MÉDIO SERÃO APLICADAS EM PERÍODOS DISTINTOS

 

As provas serão realizadas no dia 24/03/13

NÍVEL SUPERIOR – TURNO DA MANHÃ

NÍVEL MÉDIO – TURNO DA TARDE

DICAS: É aconselhável o candidato chegar com pelo menos 1 hora de antecedência do início das provas. A antecedência evita vários transtornos: engarrafamento, estacionamento, quebra de carro, etc.

DICAS: É bom o candidato começar a prova objetiva pela matéria que tenha mais afinidade, não é aconselhável iniciar a prova objetiva com matérias que possuem longos textos, como por exemplo, Português. Também não é aconselhável deixar Português para fazer por último. Dividir o tempo é de fundamental importância, isso facilita a resolução da prova objetiva.

DO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

DO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

I – CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR

 

 TODOS OS CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR

 

ü  LÍNGUA PORTUGUESA

ü  INFORMÁTICA

ü  ATUALIDADES

ü  ÉTICA NO SERVIÇO PÚBLICO

ANALISTA JUDICIÁRIO  –  ÁREA JUDICIÁRIA

 

ü  DIREITO CONSTITUCIONAL

ü  DIREITO ADMINISTRATIVO

ü  DIREITO CIVIL

DIREITO PROCESSUAL CIVIL

ü  DIREITO EMPRESARIAL

ü  DIREITO DO CONSUMIDOR

ü  DIREITO PENAL

ü  DIREITO PROCESSUAL PENAL

ü  ESTATUDO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

ü  LEGISLAÇÃO ESPECIAL

ü  LEI DE ORGANIZAÇÃO JUDICIÁRIA DO DF E TERRITÓRIOS

ü  REGIMENTO E PROVIMENTO DA CORREGEDORIA

 

ANALISTA JUDICIÁRIO  –  OFICIAL DE JUSTIÇA AVALIADOR FEDERAL

 

ü  DIREITO CONSTITUCIONAL

ü  DIREITO ADMINISTRATIVO

ü  DIREITO CIVIL

DIREITO PROCESSUAL CIVIL

ü  DIREITO EMPRESARIAL

ü  DIREITO DO CONSUMIDOR

ü  DIREITO PENAL

ü  DIREITO PROCESSUAL PENAL

ü  ESTATUDO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

ü  LEGISLAÇÃO ESPECIAL

ü  LEI DE ORGANIZAÇÃO JUDICIÁRIA DO DF E TERRITÓRIOS

ü  REGIMENTO E PROVIMENTO DA CORREGEDORIA

 

 

ANALISTA JUDICIÁRIO  –  APOIO ESPECIALIZADO – ESPECIALIDADE MEDICINA – RAMO: PSIQUIATRIA

 

 

ü  PSIQUIATRIA

ü  LEI DE ORGANIZAÇÃO JUDICIÁRIA DO DF E TERRITÓRIOS

ü  REGIMENTO E PROVIMENTO DA CORREGEDORIA

 

II – CARGO DE NÍVEL MÉDIO

 

TÉCNICO JUDICIÁRIO – ÁREA ADMINISTRATIVA

 

ü  LÍNGUA PORTUGUESA

ü  INFORMÁTICA

ü  ATUALIDADES

ü  ÉTICA NO SERVIÇO PÚBLICO

ü  REGIMENTO INTERNO

ü  LEI DE ORGANIZAÇÃO JUDICIÁRIA DO DISTRITO FEDERAL E TERRITÓRIOS

TÉCNICO JUDICIÁRIO – ÁREA ADMINISTRATIVA

 

ü  NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL

ü  NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO

ü  NOÇÕES DE DIREITO CIVIL

ü  NOÇOES DE DIREITO PROCESSUAL CIVIL

ü  NOÇÕES DE DIREITO PENAL

ü  NOÇÕES DE DIREITO PROCESSUAL PENAL

DO RESULTADO

O resultado final do concurso público será publicado no Diário Oficial da União e divulgado na internet, no endereço eletrônico http://www.cespe.unb.br

* WASHINGTON LUÍS BATISTA BARBOSA é especialista em Direito Público e em Direito do Trabalho, MBA Marketing e MBA Formação para Altos Executivos;

Desempenhou várias funções na carreira pública e privada, dentre as quais: Assessoria Jurídica da Diretoria Geral e Assessoria Técnica da Secretaria Geral da Presidência do Tribunal Superior do Trabalho, Diretor Fiscal da Procuradoria Geral do Governo do Distrito Federal, Cargos de Alta Administração no Conglomerado Banco do Brasil.

Coordenador de Cursos Jurídicos de pós-graduação e preparatórios para concursos públicos

Editor dos blogs www.washingtonbarbosa.com, www.twitter.com/wbbarbosa, e www.facebook.com/professorwashingtonbarbosa.

Autor de vários artigos publicados em revistas especializadas.

 

EDITAL TJDFT 2013

Postado em Atualizado em

Que venha o concurso

do TJDFT 2013

Washington Luís Batista Barbosa*

 TJDFT_-_Cool_Lite

 

Há muito se fala do concurso para provimento dos cargos de Analista Judiciário e Técnico Judiciário do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios. Conhecido como um dos Órgãos que mais chama os aprovados, o TJDFT prepara concurso para o início de 2013.

Com remuneração de R$ 6.611,39 (seis mil, seiscentos e onze reais e trinta e nove centavos), para o cargo de analista, e de R$ 4.052,96 (quatro mil e cinquenta e dois reais e noventa e seis centavos) para o cargo de técnico, trata-se de um dos concursos mais almejados pelos concursandos de Brasília e do Brasil.

A ESTRATÉGIA

O planejamento é a palavra chave para o sucesso! Estudar para o TJDFT é um empreendimento e, como todo projeto, envolve sacrifícios financeiros, pessoais e acima de tudo emocionais. Nada é conquistado ao acaso, para se ter sucesso faz-se necessário um investimento. Eu tive um professor e amigo que sempre falava: “Washington, passar em uma prova é questão de sorte; mas quanto mais eu estudo, mais sorte tenho!”

Aqui, importante destacar os passos que devem ser seguidos para uma maior efetividade em seu projeto:

a) analise o programa;

b) defina as fontes de estudo;

c) verifique o tempo disponível;

d) aloque as matérias para estudo;

e) monte seu cronograma de estudo;

 f) avalie e reveja o seu planejamento periodicamente.

Invista um tempo importante para planejar e traçar seus objetivos, sem pressa.Você verá o resultado bem à sua frente.

Desta forma você conseguirá estabelecer um cronograma adequado e, com o tempo e metodologia necessários, abordar todo o programa do Exame.

A pergunta que não quer calar,quando começo a estudar?

Alguns dirão que você deve começar somente quando o edital for publicado, outros somente às vésperas da prova, ainda haverá quem diga que não adianta começar porque nunca você conseguirá passar.

Eu sugiro que você inicie seu planejamento e estudos AGORA!

Mas o que estudar? O que vai ser contemplado no edital? Qual será a banca?

Longe de mim querer ser um vidente para falar-lhes com certeza como será o edital, mas existem técnicas que ajudam a chegar bem próximo do que será contemplado.

O primeiro passo é analisar o último edital do concurso para o TDJFT, no caso o de 2007. Os conteúdos cobrados e a forma de apresentação do edital não costumam variar muito de um ano para outro. Uma dica importante é buscar ver o que está sendo cobrado em concursos similares, assim você terá os conteúdos atualizados.

No caso do concurso para o TJDFT, eu gostaria de destacar:

a)      A projeção do edital deve levar em consideração o último concurso de 2007 e os recentes concursos para analistas e técnicos judiciários (STM, TSE, STJ, TST, TRT10);

b)      Não é demais relembrar que se trata de uma projeção e, como tal, sujeita a chuvas e trovoadas; e

c)       No que diz respeito ao cargo de analista judiciário, área judiciária, ainda tenho de relatar a possibilidade de serem incluídas as disciplinas de Direito Empresarial e de Direito Tributário.

Bons estudos e até a cerimônia de posse!!!

* WASHINGTON LUÍS BATISTA BARBOSA é especialista em Direito Público e em Direito do Trabalho, MBA Marketing e MBA Formação para Altos Executivos;

Desempenhou várias funções na carreira pública e privada, dentre as quais: Assessoria Jurídica da Diretoria Geral e Assessoria Técnica da Secretaria Geral da Presidência do Tribunal Superior do Trabalho, Diretor Fiscal da Procuradoria Geral do Governo do Distrito Federal, Cargos de Alta Administração no Conglomerado Banco do Brasil.

Coordenador de Cursos Jurídicos de pós-graduação e preparatórios para concursos públicos

Editor dos blogs www.washingtonbarbosa.com, www.twitter.com/wbbarbosa, e www.facebook.com/professorwashingtonbarbosa.

Autor de vários artigos publicados em revistas especializadas.