Coaching

Coaching para Concursos

Postado em Atualizado em

Por Ana Carolina Mendonça

coaching6

Quais são suas expectativas quanto ao futuro? O que você será? O que realizará? Onde estará? Há entusiasmo ou desânimo nos seus pensamentos?

É possível que você encare o seu futuro de forma otimista e confiante, mas também pode ser que, para você, ele seja pouco promissor ou, até mesmo, ameaçador. Segundo, Trommsdorff (in Future orientation and socialization, 1983) esses sentimentos em relação ao futuro exercem influência determinante no comportamento e na motivação atuais.

Isso quer dizer que os seus próprios pensamentos, mentalizações e sentimentos relacionados ao que você espera do seu futuro, influenciam suas ações presentes e seus resultados futuros!

Em outras palavras, os pensamentos, sejam eles positivos ou negativos, vão ganhando força e passam a influenciar efetivamente os resultados no dia a dia.

Está nas suas mãos, ou melhor, nos seus pensamentos e sentimentos, uma importante chave para alcançar os seus objetivos. E, como qualquer outro hábito, você pode exercitá-lo e aprender a colocar mais confiança nos seus planos e projetos! Então vamos lá!

 O que você deseja para seus próximos 5 anos?

Onde você quer estar? O que você quer realizar?

 Crie uma imagem sobre como você quer se ver daqui 5 anos. Visualize-se como em um filme. Repare os detalhes do ambiente, as cores, o cheiro. Veja-se realizando o que seja alcançar. Que sensações essa imagem te traz? Viva-a mentalmente por alguns minutos. Veja o seu futuro diante dos seus olhos, perto, vivo e colorido. O que você escuta? O que há a sua volta? Permita-se manter-se envolvido de forma prazerosa.

Centre-se nas suas emoções. Qual é o sentimento? Coloque mais cor, repare nos detalhes que você ainda não tinha percebido, leve o tempo que necessitar. À medida que a imagem do seu objetivo vai ficando mais real é natural que sinta isso no seu corpo por meio das emoções. Você é quem cria e dirige o seu filme. Apenas permita-se visualizar.

Veja o que conquistou daqui 5 anos, perceba as decisões que você tomou, que te conduziram até onde você está, em 5 anos. Veja os passos que caminhou, as pequenas e grandes ações que te conduziram.

Entretanto, é possível que você apresente alguma resistência para criar a sua visão futura, talvez por lhe parecer um exercício fora da realidade. Na verdade é isso mesmo que se pretende! Criar para além da realidade atual, a fim de que aconteça no futuro.

Isso não quer dizer que basta imaginar para se construir o futuro que você deseja, mas com esse primeiro passo, tudo começa a ficar mais fácil. Toda e qualquer realização nasce de uma ideia que foi pensada, imaginada e projetada no futuro. E, claro, posteriormente colocada em ação.

Ao repetir diariamente essa atividade imaginativa e criativa, você estará colocando mais foco no seu objetivo, bem como mais energia e entusiasmo nas suas ações. Isso tende a tornar o seu dia a dia mais fluido, mais leve e tornar suas metas mais claras e atingíveis!

O quanto a sua mente e seus pensamentos podem ficar mais conectados com os seus objetivos?

O Coaching lhe fornece poderosas ferramentas, além de orientação e inspiração, que lhe auxiliarão a trilhar o caminho para o sucesso dos seus sonhos.

Experimente e se surpreenda com os resultados!

VEJA MAIS SOBRE COACHING:

Tempo: o seu bem mais precioso

Organizar e Aprender

Segredos do Sono Reparador

 

Ana Carolina*ANA CAROLINA MENDONÇA é uma eterna aprendiz, entusiasta pela mente e capacidades humanas. Master Coach Integral Sistêmico, certificada pela Florida Christian University. Palestrante. Articulista semanal. Contadora, com experiências na Administração Pública em Planejamento Estratégico, Auditoria, Escritório de Processos e Gerência de Projetos. Atualmente aprofunda seus conhecimentos nas áreas da Psicologia e Neurociência.

Contato: anacarolina@coachee.com.br  |  www.coachee.com.br

Anúncios

Coaching para Concursos

Postado em Atualizado em

*por Ana Carolina Mendonça

coaching32

Você sente que a sua semana não lhe permite fazer tudo o que gostaria?

Você quer ter mais tempo de qualidade?

Todos aqueles que estão muito ocupados, com a agenda cheia, estão fazendo suas vidas valerem a pena? Não, necessariamente! Muitas vezes, a pessoa que reclama da falta de tempo está justamente desperdiçando a própria vida fazendo o que ela não quer, esperando ingenuamente que “um dia” ache tempo para fazer as coisas que ela efetivamente quer fazer!

O tempo pessoal é uma questão de postura mental.

Você pode entender a postura mental como a perspectiva pela qual você vive e interpreta o que está acontecendo ao seu redor: seus relacionamentos, sua rotina, sua carreira, suas finanças e tudo o mais. Você possui a propriedade de escolher como quer encarar o seu tempo e as atividades que realiza no dia a dia.

Se hoje você não encontra tempo para você e, ainda assim, continua fazendo as coisas do mesmo jeito, você nunca vai arranjar tempo algum!

Para entender mais sobre Postura Mental leia mais em Sua mente a seu favor.

A palavra de ordem é PRIORIZAR!

A pessoa que prioriza corretamente se nega a fazer o que não é prioridade, custe o que custar! Literalmente.

Se você não está satisfeito, lembre-se que murmurar e ficar procurando e apontando culpados não te ajudarão a mudar a situação. Acredite: nada disso é relevante! Não muda nada!

Olhe para frente, limpe a sua mente dos pensamentos negativos, reflita sobre a melhor maneira de resolver a situação e tenha atitude.

Para isso você pode contar com o assessoramento profissional de um Coach para levá-lo a refletir nas soluções, fornece-lhe suporte para a mudança pessoal, bem como assessorá-lo na organização do tempo e na implementação de ações para o alcance de seus objetivos, metas e desejos pessoais e profissionais.

Se você quer ter mais tempo, mude sua postura mental, descubra o que é importante para você e priorize!

VEJA MAIS SOBRE COACHING:

O que você precisa saber antes de fazer  Coaching – Parte 1

Ana Carolina

*ANA CAROLINA MENDONÇA é uma eterna aprendiz, entusiasta pela mente e capacidades humanas. Master Coach Integral Sistêmico, certificada pela Florida Christian University. Palestrante. Articulista semanal. Contadora, com experiências na Administração Pública em Planejamento Estratégico, Auditoria, Escritório de Processos e Gerência de Projetos. Atualmente aprofunda seus conhecimentos nas áreas da Psicologia e Neurociência.

Contato: anacarolina@coachee.com.br  |  www.coachee.com.br

Coaching para Concurso

Postado em Atualizado em

Por Ana Carolina Mendonça

coaching31

Você se leva a sério? Você leva os seus sonhos a sério? Você já delineou um projeto para alcançar os seus sonhos? Você emprega, verdadeiramente, a sua energia, disciplina e virtudes para conquistar seus sonhos e suas metas?

Impressionantemente milhares de pessoas, apesar de desejarem ver seus sonhos e projetos realizados, não dão a devida importância a eles. Praticamente relegam o seu projeto de vida para segundo plano. Essas pessoas acabam se perdendo em outras atividades e se desconectando, pouco a pouco, do seu verdadeiro propósito.

E você, o seu projeto de vida seria digno de receber uma certificação de qualidade? Você emprega os recursos necessários para alcançar seus sonhos no prazo desejado? Você se organiza adequadamente? Você prevê os possíveis obstáculos e opera para superá-los? Você está atento às oportunidades?

Os sonhos são projeções que habitam o campo das ideias, para concretizá-los, o primeiro passo é materializá-los em um projeto, composto por planejamento, execução e avaliação.

Não basta apenas executar uma ideia. Para se alcançar bons resultados, seu projeto requer um adequado planejamento e uma criteriosa avaliação, a menos que você não dê importância a ele, claro.

O planejamento é a fase mais importante e crucial para o sucesso do projeto. Nela são projetadas as etapas de realização, é definida a estratégia, são antecipados os obstáculos e as oportunidades do trajeto, é estimado o custo e são alocados os recursos necessários. E o mais interessante dessa fase é que ela só termina quando o projeto é concluído.

Não há que se falar em encerramento da etapa de planejamento para início das atividades, essas fases não são atos sequenciais e estanques. O planejamento é contínuo, ele está em constante revisão e aprimoramento.

É similar ao que acontece com a fase de avaliação: não se pode esperar o encerramento do projeto para que seja verificado o seu sucesso ou fracasso; muito pelo contrário, os indicadores de desempenho exercem a importante função da bússola, que orienta o caminho a seguir durante o trajeto. É por meio do acompanhamento de indicadores que verificamos se estamos no caminho certo, validamos as etapas concluídas e seguimos em frente, rumo ao resultado desejado.

Tudo isso se adapta facilmente ao mundo corporativo, as empresas já utilizam esses conceitos há muito tempo, mas por que não utilizá-los também na sua vida, para atingir excelência e comprometimento com os seus maiores objetivos? Por que não?

Imagine-se realizando seu maior sonho, alcançando seus objetivos. De verdade, o que você estará fazendo, onde estará, quem estará ao seu lado, o que você estará pensando e sentindo? Antes de continuar a leitura, permita-se refletir breves instantes sobre qual será a sensação de contemplar a sua realização, a sua existência.

Numa escala de zero a dez, qual é o tamanho da sua vontade de realizar?

 Também numa escala de zero a dez, quanto empenho você está aplicando hoje para alcançá-lo? O que está faltando para você alcançar o seu maior objetivo?

Levar-se a sério, ou levar os seus sonhos a sério, longe de significar viver como uma pessoa fechada e desconectada do mundo ao seu redor, representa, na verdade, viver de acordo com os seus valores; respeitar suas características, fraquezas e virtudes; e empregar energia, determinação e criatividade para alcançar seus objetivos.

Tenha uma excelente e proveitosa semana!

VEJA MAIS SOBRE COACHING:

O que você precisa saber antes de fazer  Coaching – Parte 1

Tempo: o seu bem mais precioso

Organizar e Aprender

Ana Carolina

*ANA CAROLINA MENDONÇA é uma eterna aprendiz, entusiasta pela mente e capacidades humanas. Master Coach Integral Sistêmico, certificada pela Florida Christian University. Palestrante. Articulista semanal. Contadora, com experiências na Administração Pública em Planejamento Estratégico, Auditoria, Escritório de Processos e Gerência de Projetos. Atualmente aprofunda seus conhecimentos nas áreas da Psicologia e Neurociência.

Contato: anacarolina@coachee.com.br  |  www.coachee.com.br

Coaching para Concursos

Postado em Atualizado em

* por Ana Carolina Mendonça

coaching3

Você se sente desanimado com o seu rendimento nos estudos? Você gostaria de vivenciar um aprendizado mais consistente e poderoso?

Antes de iniciar, reflita sobre a seguinte questão:

 Sinceramente, quão envolvido você está com o seu projeto de estudos?

Note que aqueles acontecimentos da sua vida nos quais você esteve efetivamente envolvido, de corpo e alma, para solucionar algum problema ou situação, muito provavelmente se transformaram em aprendizados de vida e perduram em sua memória.

 Então, por que não replicar essa receita de sucesso com os estudos de hoje? Por que não tornar o seu aprendizado mais consistente e permanente?

Para estar plenamente envolvido em um assunto, em um conhecimento, antes de mais nada, é importante estimular a curiosidade! Colocar-se na posição de alguém que tem por objetivo aprender, que deseja fortemente conhecer e compreender o desenrolar de determinado assunto, que sente o desafio de desbravar aquele conteúdo, ainda que, num primeiro momento, esse possa se mostrar complicado, difícil ou distante. Em última análise, a dificuldade só tenderá a reforçar a noção de desafio.

A posição do curioso, em tese, se retroalimenta. O conhecimento é amplo (o rol de matérias também) e à medida que você estuda, sua visão sobre o conteúdo se amplia e você se torna capaz de fazer novas conexões, associações e interligações que consolidam o aprendizado, ou seja, as coisas começam a fazer mais sentido e você começa a interagir mais fortemente com a matéria, com o conhecimento.

Aliada à curiosidade é importante desenvolver também o autocontrole e a confiança, elementos-chave para a continuidade do aprendizado.

 Alguma vez você já começou seu projeto de estudos animado e bem disposto, mas com o passar dos dias, foi se perdendo e já não cumpria mais as suas metas?

Muito provavelmente, o seu autocontrole e sua confiança tanto em si mesmo como no processo não estavam completamente estruturados.

O autocontrole está relacionado à capacidade de manter o foco e comportar-se de forma coerente às suas metas e aos seus objetivos de vida.

De outro lado, uma confiança bem trabalhada impede que vejamos os desafios como obstáculos intransponíveis, impede que nos tornemos cegos frente às oportunidades e aos aprendizados da vida. O reforço da confiança (amplamente trabalhado no processo de coaching) deriva do autoconhecimento ou autodescobrimento.

Se os bons resultados são decorrência do esforço consciente e contínuo, por que será que muitas pessoas desistem no meio do caminho? Pressa, impaciência, descomprometimento? Possivelmente, trata-se de desconhecimento de suas próprias metas e objetivos, por isso: trace objetivos claros e precisos.

Quanto mais preciso você for na definição do seu objetivo, sabendo exatamente o que quer para a sua vida e porque o quer, maior será a sua chance de fazer boas escolhas, de perceber as verdadeiras oportunidades na sua vida.

Ao mesmo tempo, quanto mais claras e melhor detalhadas estiverem as suas metas, mais perto você estará do êxito, mais efetiva será a distribuição do seu tempo e o foco da sua atenção, mais “sorte” você terá.

Com objetivos claros e precisos; metas bem definidas e detalhadas; estímulo à curiosidade; estruturação do autocontrole e da confiança você embarcará num forte e consistente aprendizado!

Aprender não significa adquirir mais informação, mas expandir a capacidade de produzir os resultados que verdadeiramente desejamos na vida!

 Bons estudos e uma ótima semana!

VEJA MAIS SOBRE COACHING:

O que você precisa saber antes de fazer  Coaching – Parte 1

Tempo: o seu bem mais precioso

Organizar e Aprender

Ana Carolina

*ANA CAROLINA MENDONÇA é uma eterna aprendiz, entusiasta pela mente e capacidades humanas. Master Coach Integral Sistêmico, certificada pela Florida Christian University. Palestrante. Articulista semanal. Contadora, com experiências na Administração Pública em Planejamento Estratégico, Auditoria, Escritório de Processos e Gerência de Projetos. Atualmente aprofunda seus conhecimentos nas áreas da Psicologia e Neurociência.

Contato: anacarolina@coachee.com.br  |  www.coachee.com.br

Coaching para Concurso

Postado em Atualizado em

Por Ana Carolina Mendonça

coaching2

Você já parou para analisar quais são seus hábitos?

Eles geram benefícios na sua vida ou lhe fazem perder tempo, produtividade e qualidade de vida?

Desde o momento em que você acorda até a hora que vai dormir você realiza várias ações de forma automática. Esses são os padrões de comportamento que já foram internalizados pelo seu cérebro e se constituíram como seus hábitos.

O desafio é perceber quais deles promovem produtividade e qualidade de vida; e quais deles geram desequilíbrio, perda de tempo e sensação de incapacidade.

Conseguir gerenciar os próprios hábitos não é tarefa fácil, mas é decisivo para promover que você alcance seus objetivos. Nesse sentido, o Coaching oferece ferramentas específicas para identificar os hábitos indesejáveis e substituí-los por bons hábitos. Isso é fundamental para promover melhores resultados.

Lembrando as palavras de Albert Einstein, “insanidade é continuar fazendo sempre a mesma coisa e esperar resultados diferentes”.

Com aproximadamente trinta dias de foco e força de vontade é possível internalizar novos hábitos. A ideia não é pretender de uma hora pra outra fazer tudo perfeitamente, pois isso geraria estresse, ansiedade e levaria à frustração; mas, sim, de forma estratégica e embasada no autoconhecimento, promover novos comportamentos, dia após dia, até que eles se constituam em hábitos positivos e proveitosos.

E você, até quando vai permitir que os seus próprios hábitos o afastem dos seus sonhos e objetivos?

Viva a sua vida plenamente!!

VEJA MAIS SOBRE COACHING:

O que você precisa saber antes de fazer  Coaching – Parte 1

Tempo: o seu bem mais precioso

Organizar e Aprender

Ana Carolina

*ANA CAROLINA MENDONÇA é uma eterna aprendiz, entusiasta pela mente e capacidades humanas. Master Coach Integral Sistêmico, certificada pela Florida Christian University. Palestrante. Articulista semanal. Contadora, com experiências na Administração Pública em Planejamento Estratégico, Auditoria, Escritório de Processos e Gerência de Projetos. Atualmente aprofunda seus conhecimentos nas áreas da Psicologia e Neurociência.

Contato: anacarolina@coachee.com.br  |  www.coachee.com.br

Coaching para Concursos

Postado em Atualizado em

*por Ana Carolina Mendonça

coaching11

Você conhece os benefícios dos exercícios físicos para a sua inteligência e memória?

 É bem sabido que a prática moderada e regular de exercícios físicos eleva o bem-estar e fortalece o coração e os músculos, mas vale acrescentar que ela também desenvolve a capacidade mental, combate a depressão e desacelera o declínio intelectual atrelado à idade.

 Corpo e Mente estão mais interligados do que se possa imaginar!

Cada vez mais a ciência tem comprovado essa estreita ligação entre mente e corpo e derrubado um antigo mito de que esses representariam uma dualidade em concorrência entre si.

 O fato é que a prática do exercício físico permite uma melhor irrigação sanguínea não apenas nos músculos, mas também no córtex cerebral, principalmente no hipocampo, região responsável pela aprendizagem e a memória.

Estudos mostram que a atividade física estimula o crescimento vascular e neuronal, ou seja, gera um ambiente mais favorável para prover os adequados nutrientes aos neurônios.

Em outras palavras, o exercício físico está estreitamente relacionado ao desenvolvimento da inteligência e da memória! Por isso, uma pessoa que incorpora a prática de atividades físicas moderadas ao seu dia a dia potencializa suas habilidades mentais e intelectuais.

E mais ainda, a mente também se beneficia da prática física no que se refere ao equilíbrio das emoções, uma vez que o treinamento regular reduz a liberação de cortisol (hormônio do estresse) e permite a liberação da serotonina (relacionada ao humor e ao bem-estar).

Por todos os benefícios decorrentes da prática do exercício físico, nota-se que tão ou mais importante que realizar atividades mentais que estimulem a cognição, é importante praticar exercícios físicos de forma moderada e regular a fim de aprimorar as habilidades mentais, como também ajudar a manter a mente ativa e mais eficiente por mais tempo!

Você deseja desenvolver a sua mente? Pratique exercícios físicos!

O Coaching é uma metodologia que permite a você compreender melhor a sua situação atual, definir exatamente onde você quer chegar e projetar ações efetivas para alcançar os seus objetivos! Conheça mais e se surpreenda com os seus próprios resultados!!

VEJA MAIS SOBRE COACHING:

Tempo: o seu bem mais precioso

Organizar e Aprender

Ana Carolina

*ANA CAROLINA MENDONÇA é uma eterna aprendiz, entusiasta pela mente e capacidades humanas. Master Coach Integral Sistêmico, certificada pela Florida Christian University. Palestrante. Articulista semanal. Contadora, com experiências na Administração Pública em Planejamento Estratégico, Auditoria, Escritório de Processos e Gerência de Projetos. Atualmente aprofunda seus conhecimentos nas áreas da Psicologia e Neurociência.

Contato: anacarolina@coachee.com.br  |  www.coachee.com.br

Coaching para Concursos

Postado em Atualizado em

Por Ana Carolina Mendonça

coaching1

Você sente dificuldade em se concentrar? Você se considera uma pessoa atenta?

Você consegue diferenciar atenção de concentração?

Se, por um lado, prestar atenção é ser capaz de direcionar seus sentidos e sua percepção; por outro, para se atingir um estado de concentração faz-se necessário ter atenção em apenas uma atividade específica, de forma a, inclusive, abstrair outras coisas e situações ao redor.

É plenamente possível prestar atenção a uma informação sem necessariamente concentrar-se nela a ponto de se desligar de todo o resto, não é mesmo?

Ter concentração é ter foco em alguma situação específica. É ter atenção exclusivamente a uma determinada coisa.

Saber a diferença entre atenção e concentração mas, principalmente, saber usá-las nos momentos adequados é a chave para aumentar a sua produtividade e satisfação com os seus resultados.

Em muitos casos na vida, será importante estar atento a todo o contexto no qual você estiver inserido. Nessas situações, você poderá, por exemplo, escutar atentamente uma conversa e, ainda assim, estar ciente ao que está se passando à sua volta. Isso é ter atenção aguçada.

Em outras circunstâncias, de trabalho e estudo, por exemplo, estar concentrado apenas em um atividade permitirá a você obter melhores resultados em termos de tempo e de qualidade.

Entretanto, justamente, na tentativa de melhor aproveitar o tempo, muitas pessoas acabam optando por realizar várias coisas em paralelo ou, simplesmente, não se empenham em se concentrar no que estão realizando e terminam, com isso, realizando um trabalho sem qualidade e/ou perdendo tempo com distrações e retrabalho.

A falta de atenção e de concentração atinge diretamente a qualidade da memorização.

Por meio do autoconhecimento e de técnicas de Coaching e de Programação Neurolinguística (PNL) é possível desbloquear a aprendizagem, aumentar a performance no trabalho e a disciplina nos estudos, bem como aprimorar a qualidade da memorização de novas informações.

A seguir são oferecidas algumas dicas simples para você aumentar o seu nível de  concentração.

  • Priorize

Faça uma lista das atividades que precisa realizar, coloque tudo por escrito e, logo a seguir, ordene por prioridade.

  • Uma tarefa de cada vez

Definida a prioridade, realize cada atividade de uma vez. Esforce-se para não interromper o que estiver fazendo,  até que  esteja concluído. Esse exercício ajudará você a desenvolver exclusividade.

  • Saiba lidar com os seus pensamentos

Os maiores vilões da concentração são nossos próprios pensamentos. Aprenda a lidar com eles. Você não precisa dar atenção a todo o pensamento que lhe ocorra.

  • Observe-se

Conhece-te a ti mesmo. Adote uma postura de fiscal com você mesmo e observe o que tem lhe tirado a concentração. Redes sociais, telefone, televisão, preocupações, ansiedade, colegas de trabalho? Ser sincero com você mesmo lhe ajudará a encontrar meios de superar as distrações.

  • Alterne atividades

Mudar de tarefa permite um descanso para o cérebro, potencializaa atenção,a percepção e a capacidade de memorização. Assim, ao organizar as tarefas para o seu dia, considere a  alternância de atividades como uma estratégia para obter melhores  resultados.

  • Medite

A pratica de atividades de relaxamento e meditação oferecem ganhos significativos na redução da ansiedade e na capacidade de concentração.

  • Pratique

Assim como os músculos do seu corpo, para desenvolver sua concentração, você precisará se exercitar continuamente. Assim, seja paciente consigo mesmo e controle sua pressa e ansiedade, pratique atividades que melhoram a concentração e dedique-se a você mesmo. O seu comprometimento fará toda a diferença!

Tenha uma ótima semana!

Todos os dias é dia de aprender algo! Aproveite!

VEJA MAIS SOBRE COACHING:

O que você precisa saber antes de fazer  Coaching – Parte 1

Tempo: o seu bem mais precioso

Organizar e Aprender

Ana Carolina

*ANA CAROLINA MENDONÇA é uma eterna aprendiz, entusiasta pela mente e capacidades humanas. Master Coach Integral Sistêmico, certificada pela Florida Christian University. Palestrante. Articulista semanal. Contadora, com experiências na Administração Pública em Planejamento Estratégico, Auditoria, Escritório de Processos e Gerência de Projetos. Atualmente aprofunda seus conhecimentos nas áreas da Psicologia e Neurociência.

Contato: anacarolina@coachee.com.br  |  www.coachee.com.br