Autorização

PCDF Perito Criminal

Postado em Atualizado em

civil

Ontem sexta-feira (5/12), no Diário Oficial do Distrito Federal (página 4), foi publicada a autorização para a realização de novo concurso público da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF). A previsão é que o certame ofereça 100 vagas ao cargo de perito criminal, sendo 20 de provimento imediato e 80 para cadastro reserva.

Último concurso
A última seleção para o cargo ocorreu em 2011. Foram ofertadas 58 vagas, sendo 14 de provimento imediato e 44 de cadastro reserva. O salário, à época, era de R$ 13.368,68, por jornada de trabalho de 40h semanais. Para participar, foi necessário possuir diploma de nível superior nos cursos de física, química, ciências biológicas, ciências contábeis, ciência da computação, informática, geologia, odontologia, farmácia, bioquímica, mineralogia ou engenharia.

Veja Também:

Análise do edital para Delegado Civil do DF:

Parte I

Parte II

Parte III

Parte IV

Parte V

Prática Jurídica para Delegado Civil

was

* WASHINGTON LUÍS BATISTA BARBOSA é especialista em Direito Público e em Direito do Trabalho, MBA MarketingMBA Formação para Altos Executivos;

Desempenhou várias funções na carreira pública e privada, dentre as quais: Assessoria Jurídica da Diretoria Geral e Assessoria Técnica da Secretaria Geral da Presidência do Tribunal Superior do Trabalho, Diretor Fiscal da Procuradoria Geral do Governo do Distrito Federal, Cargos de Alta Administração no Conglomerado Banco do Brasil.

Coordenador dos Cursos Jurídicos preparatórios para concursos públicos e de pós-graduação.

Editor dos blogs www.washingtonbarbosa.com,

www.twitter.com/wbbarbosa, www.facebook.com/washingtonbarbosa.professor

Autor de vários artigos publicados em revistas especializadas

Anúncios

Edital para Auditor Fiscal do DF 2014

Postado em

GDF autoriza concurso

para Sefaz/DF!

Iniciais de R$ 12 mil!

GDF autoriza concurso para SEFAZ-DF! 100 vagas de Auditor Fiscal!

 

O Governo do Distrito Federal – GDF, por meio do Conselho de Política de Recursos Humanos , publicou no Diário Oficial do DF , desta terça-feira, 13 de maio, o processo de n°: 125.000.177/2013, no qual a Secretaria de Estado de Fazenda  do Distrito Federal, é autorizada a realizar concurso público para provimento 100 vagas imediatas e mais possibilidade de cadastro de reserva com a elaboração do edital. As oportunidades são para o cargo de  Auditor Fiscal da Receita da Carreira de Auditoria tributária  do Distrito Federal.

Último concurso

Em 2001, no último concurso para fiscal, foram abertas 200 vagas para candidatos com ensino superior. Atualmente, trabalham na Secretaria de Fazenda 193 auditores e cerca de 350 fiscais e agentes.

Remuneração

Os salários começam com R$ 12.296 e podem chegar a R$ 19.173. A chegada ao topo da carreira  se dá em um prazo estimado entre 15 e 16 anos.

CLIQUE AQUI e confira a autorização!

Edital PFN 2014

Postado em

Fazenda: solicitadas 250 oportunidades de Procurador Nacional!

pfn

Logo após o envio de solicitação de concurso para o preenchimento de 332 vagas para o cargo de advogado da União, no início de abril, o advogado geral da União, ministro Luís Inácio Adams, encaminhou novo pedido de concurso para o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG). Desta vez, o objetivo é preencher 250 vagas para o cargo de procurador da fazenda nacional, no decorrer de 2015. A expectativa é de que algum parecer sobre o concurso seja divulgado no decorrer das próximas semanas, por parte do Ministério do Planejamento.

Para concorrer à carreira é necessário possuir bacharelado em direito, registro na ordem dos advogados do Brasil (OAB) e pelo menos dois anos de prática forense. A remuneração inicial da categoria, de acordo com a tabela de remuneração dos servidores federais, é de R$ 16.489,37 na segunda classe, passando para R$ 18.947,30 na primeira e chegando a R$ 21.424,30 na classe especial.

O último concurso para o cargo ocorreu em 2012 e foi organizado pela Esaf, para o preenchimento de 70 vagas. A seleção contou com prova objetiva, três provas discursivas, avaliação oral e análise de títulos, além de sindicância de vida pregressa.

A prova objetiva foi composta de 100 questões, divididas em três blocos. O primeiro versou sobre direito constitucional (20 questões), direito tributário (20) , direito financeiro e econômico (10) e direito administrativo (10). No segundo, os temas foram sobre direito internacional público (2), direito empresarial (5), direito civil (5) e direito processual civil (20). Finalmente, no terceiro, direito penal e processual penal (2), direito do trabalho e processual do trabalho (2) e direito da seguridade social (4).

A primeira prova discursiva contou com elaboração de parecer e três questões discursivas. Na segunda, o processo seletivo contou com elaboração de peça judicial e três questões discursivas e na terceira, elaboração de dissertação e três questões discursivas.

Já a prova oral versou sobre direito constitucional, direito tributário, direito financeiro e econômico, direito administrativo, direito empresarial, direito civil e direito processual civil.