Direito Civil e Processo Civil

Postado em Atualizado em

civil

Art. 294 do CPC:

Níveis de estabilização:

Antes da citação – artigo 294 do CPC;

Art. 294. Antes da citação, o autor poderá aditar o pedido, correndo à sua conta as custas acrescidas em razão dessa iniciativa.

Depois da citação – só com o consentimento do réu – artigos 263 e 264 CPC.

Art. 263. Considera-se proposta a ação, tanto que a petição inicial seja despachada pelo juiz, ou simplesmente distribuída, onde houver mais de uma vara. A

propositura da ação, todavia, só produz, quanto ao réu, os efeitos mencionados no art. 219 depois que for validamente citado.

Art. 264.  Feita a citação, é defeso ao autor modificar o pedido ou a causa de pedir,

sem o consentimento do réu, mantendo-se as mesmas partes, salvo as substituições permitidas por lei.

E se o réu for revel? Art. 321 do CPC – não pode alterar o pedido, salvo se promover nova citação. Neste caso o réu só poderá contestar o que foi aditado não podendo assim contestar sobre o conteúdo da PI existente antes da aditação, pois o réu arcou com o ônus da revelia – ocorreu à preclusão temporal.

Art. 321. Ainda que ocorra revelia, o autor não poderá alterar o pedido, ou a causa de pedir, nem demandar declaração incidente, salvo promovendo nova citação do réu, a quem será assegurado o direito de responder no prazo de 15 (quinze) dias.

Saneamento do processo (questões processuais pendentes) – sarar curar, resolver todas as pendências processuais e definir o que é controvertido para a produção de provas. Neste caso nunca poderá aditar a petição inicial depois do saneamento – art. 264, paragrafo único do CPC:

Parágrafo único.  A alteração do pedido ou da causa de pedir em nenhuma hipótese será permitida após o saneamento do processo.

Art. 463. Publicada a sentença, o juiz só poderá alterá-la:

I – para lhe corrigir, de ofício ou a requerimento da parte, inexatidões materiais, ou lhe retificar erros de cálculo;

II – por meio de embargos de declaração.

Sendo assim, o autor poderá alterar a causa de pedir e o pedido antes da citação independentemente de anuência do réu, poderá alterar a causa de pedir e o pedido após a citação, desde que ocorra a anuência do réu, ainda que revel, não poderá alterar a causa de pedir e o pedido depois do saneamento do processo, ainda que ocorra a anuência do réu. Mas matéria não posta em juízo pode ser incluída numa transação, cuja sentença homologatória valerá como titio judicial.

Veja mais sobre Direito Civil e Processo Civil em:

Sentença Estrangeirasaiba mais

O Efeito da Sentença na Ação Civil Pública

O Papel da Ação Reivindicatória na Defesa do Direito de Propriedade

A Possibilidade de Penhora do Bem de Família dado em Garantia de Dívida de Empresa Familia

A Impossibilidade do Interdito Proibitório para Defesa dos Direitos Autorais

Prestação de Garantia: Fiança ou Aval?

A Multiparentalidade e seu Reconhecimento pelo Sistema Jurídico Brasileiro

A Ilegalidade da Redução de Honorários Sucumbenciais

 

Acompanhe, curta e compartilhe

Washington Luís Batista Barbosa

http://www.washingtonbarbosa.com

http://www.facebook.com/washingtonbarbosa.professor

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s