Coaching para Concursos

Postado em Atualizado em

Por Ana Carolina Mendonça

 

O seu cérebro se molda a partir dos estímulos que recebe.

O que você faz, pensa e sente determina como será o seu cérebro. Isso se deve a uma importante característica desse misterioso órgão do corpo humano: a plasticidade.

Se, por exemplo, você começar hoje atocar violão e praticar diariamente; em algum tempo seu cérebro dominará essa habilidade. Em uma pessoa que toca violão, as áreas no seu cérebro referentes a coordenação dos dedos e ao ouvido musical são mais desenvolvidas do que as de uma pessoa que não toca um instrumento musical.

Da mesma forma, se você parar de tocar violão, as áreas que foram desenvolvidas deixam de receber estímulos, gerando um retrocesso naquela habilidade, similar à atrofia muscular.

Visto de outro modo, se, por acaso, você possui a “habilidade” de pensar de forma negativa e de reclamar de tudo, saiba que seu cérebro se desenvolveu para isso. Se você deseja mudar esse comportamento, precisará de bastante força de vontade e determinação.

“Esquecer” uma habilidade é desafiador, embora não seja impossível. Para isso, a melhor técnica é a repetição diária: executar os hábitos novos, mesmo que não esteja sentindo vontade; e deixar de executar os antigos, mesmo que esteja com muita vontade de fazê-los.

Aos poucos você constrói uma nova forma de pensar e de ver o mundo!

Fique atento! O seu cérebro aplica essa plasticidade a tudo,desde a reabilitação após uma lesão, passando por adaptações a novos ambientes até determinar o comportamento e as reações de uma pessoa.

Por um instante, lembre-se da última vez em que realmente sentiu raiva de algo ou de alguém. Por breves instantes, volte à cena e reflita: Como você estava se sentindo? Quais pensamentos lhe vieram à mente? O que você pensou em fazer? Quanto tempo levou para passar a raiva?

Nesse exemplo da sua vida, você consegue perceber o quanto a sua mente trabalhou para manter e aumentar a sua raiva?

Quando uma pessoa mantém pensamentos fixos (sejam eles positivos ou negativos) todo o corpo e, inclusive, a mente se prepara para transformar aquele pensamento/sentimento em ação.

No exemplo da raiva, pensamentos e memórias vêm à tona reforçando a raiva e enfraquecendo tudo o que contrapõem a esta raiva, ou seja, a mente da pessoa se inunda de recordações negativas e se esquece das lembranças positivas. De fato, sentir raiva intensifica as sinapses neurais que geram a raiva e enfraquecem as sinapses neurais relacionadas à paz, à harmonia e ao entendimento.

Por meio desse mecanismo, doenças e sofrimentos são criados ou estimulados. Mas, da mesma forma, se a pessoa estiver orientada a pensamentos/sentimentos positivos e proativos poderá promover saúde, bem-estar, amor e felicidade em sua vida.

Tudo isso se deve à plasticidade do seu cérebro!

O que você pretende reforçar na sua vida? O que você pretende construir?

Pense bem nasescolhas que tem tomado!

Ótima semana!

 

foto_pose_5ANA CAROLINA MENDONÇA é Master Coach com certificação nas especialidades Life e Executive Coaching, pela Federação Brasileira de Coaching Integral Sistêmico, em parceria com a Florida Christian University. Palestrante e Articulista Semanal em Coaching. Servidora pública com atuações no Banco Central do Brasil, no Tribunal Superior do Trabalho e no Conselho Superior da Justiça do Trabalho e com experiências em Planejamento Estratégico, Escritório de Processos e Gerência de Projetos.

Contato: (61) 8413-8543 – anacarolina@coachee.com.br  //  www.coachee.com.br

Veja mais sobre Coaching:

Dicas para evitar o Estresse

Seu Projeto Possui Certificado de Qualidade?

Juntos na Caminhada

Deixar o emprego para estudar é uma boa ideia?

Siga em frente!

A Copa das Copas

Faça da Música sua Aliada

Sempre Avante

Tempo: o seu bem mais precioso

Organizar e Aprender

Segredos do Sono Reparador

Quantas Horas Estudar?

O Domínio da Matériasaiba mais

Interesse pela Leitura

Você: Aliado ou Inimigo

Construir a Aprovação

Ensine seu cérebro a produzir energia e não a disperdiçá-la

Excelência: Estado de Fluxo

Qual o seu Estilo de Aprendizagem

Relaxamento Instantâneo

Seu Plano de Estudo

Impulsionando a sua Memória

Regulou o seu Foco?

Técnicas de Memorização

Conhece o Princípio 10/90?

Confiança e Ansiedade na Aprendizagem

Inteligência se Aprende

Acompanhe, curta e compartilhe

Washington Luís Batista Barbosa

http://www.washingtonbarbosa.com

http://www.facebook.com/washingtonbarbosa.professor

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s